Doença endêmica que é caracterizada pelo desenvolvimento de lesões localizadas múltiplas ou únicas em áreas expostas da pele que frequentemente se ulceram. A doença tem sido dividida nas formas "Novo Mundo" e "Velho Mundo". A leishmaniose do "Velho Mundo" é separada em três tipos distintos de acordo com manifestações epidemiológicas e clínicas e é causada por espécies dos complexo L. tropica e L. aethiopica assim como por espécies do maior gênero da leishmania. A leishmaniose do "Novo Mundo", também chamada de leishmaniose americana, ocorre nas Américas Central e do Sul e é causada por espécies dos complexos L. mexicana e L. braziliensis.


Imagens

<b>Leishmaniose</b> mucosa

Leishmaniose mucosa
bioneogenios.blogspot.com

1 -<b>LEISHMANIOSE</b> TEGUMENTAR OU

1 -LEISHMANIOSE TEGUMENTAR OU
diganaoaleishmaniose.blogspot.com

<b>leishmaniose</b> do Novo Mundo

leishmaniose do Novo Mundo
www.scielo.br

<b>Leishmaniose cutânea</b>

Leishmaniose cutânea
www.fernandosantiago.com.br

Co-infecção <b>Leishmania</b>/HIV.

Co-infecção Leishmania/HIV.
www.medicinanet.com.br

<b>Leishmaniose</b> visceral

Leishmaniose visceral
www.jornallivre.com.br

5 Associação da <b>Leishmaniose</b>

5 Associação da Leishmaniose
www.medicinanet.com.br

DNA genômico de <b>Leishmania</b>

DNA genômico de Leishmania
www.scielo.br

Diagnóstico e tratamentos

Sintomas:

    

Mais informação

  • DeCS - Descritores em Ciências da Saúde.
  • Casos registrados (traduzidos do inglês por Altavista Babel Fish).
  • MEDLINE - Publicaçãos da Biblioteca Nacional da Medicina (multilingüe).
  • MedlinePlus - Informação da saúde da Biblioteca Nacional da Medicina (espanhol).

Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.

Última atualização: Setembro 2014
Estatísticas