http://lookfordiagnosis.com
English
Spanish
Italian
Portuguese
French
Swedish

Lactamas


amidas cíclicas formadas de ácidos aminocarboxílicos pela eliminação de água. As lactimas são formas enol das lactamas.

Imagens

Powered by

<b>Lactama</b>
Lactama
pt.wikipedia.org

COMPUESTO BETA-<b>LACTAMA</b> Y SU
COMPUESTO BETA-LACTAMA Y SU
patentados.com

<b>Lactamas</b> formadas por catalise
Lactamas formadas por catalise
pt.wikipedia.org

1-AMINOALQUIL-<b>LACTAMAS</b>
1-AMINOALQUIL-LACTAMAS
patentados.com

allow the classification
allow the classification
www.unioviedo.es

ficheiros sobre <b>Lactamas</b>
ficheiros sobre Lactamas
pt.wikipedia.org

formando uma <b>lactama</b> de 7
formando uma lactama de 7
www.scielo.br

Formación de <b>lactamas</b>.
Formación de lactamas.
organica1.org

Uso terapêutico


Sintomas:

    

Rápido   Hierárquico

Wikipedia


  • Lactamas: AMIDAS cíclicas formadas de ácidos aminocarboxílicos pela eliminação de água. As lactimas são formas enol das lactamas.
  • beta-Lactamas: AMIDAS cíclicas compostas por quatro partes, melhor conhecidas por PENICILINAS baseadas na biciclotiazolidina, bem como as CEFALOSPORINAS baseadas na biciclotiazina, e que incluem MONOBACTAMAS monocíclicas. As BETA-LACTAMASES hidrolizam o anel beta-lactâmico contribuindo para a RESISTÊNCIA BETA-LACTÂMICA da bactéria infectante.
  • Imidas
  • Relação Estrutura-Atividade: Relação entre a estrutura química de um composto e sua atividade biológica ou farmacológica. Os compostos são frequentemente classificados juntos por terem características estruturais em comum, incluindo forma, tamanho, arranjo estereoquímico e distribuição de grupos funcionais.
  • Humanos: Membros da espécie Homo sapiens.
  • alfa-MSH: Peptídeo de 13 aminoácidos, derivado da clivagem proteolítica do HORMÔNIO ADRENOCORTICOTRÓPICO, e segmento N-terminal do ACTH. O ACTH (1-13) é amidado na extremidade C-terminal formando o ACTH (1-13)NH2, que por sua vez é acetilado formando o alfa-MSH nos grânulos secretórios. O alfa-MSH estimula a síntese e a distribuição de MELANINA nos MELANÓCITOS de mamíferos e nos MELANÓFOROS de vertebrados inferiores.
  • Aminoglicosídeos: Compostos glicosilados em que há um substituinte amina no glicosídeo. Alguns deles são ANTIBACTERIANOS clinicamente importantes.
  • Indenos: Família de hidrocarbonetos de anéis fundidos, isolados do alcatrão da hulha, que agem como intermediários em várias reações químicas e são usados na produção de resinas de cumarona-indeno.
  • Receptor Tipo 3 de Melanocortina: Subtipo de receptor de melanocortina encontrado principalmente no ENCÉFALO. Mostra especificidade para ALFA-MSH, BETA-MSH, GAMMA-MSH e HORMÔNIO ADRENOCORTICOTRÓPICO.
  • Estrutura Molecular: Localização dos átomos, grupos ou íons, em relação um ao outro, em uma molécula, bem como o numero, tipo e localização das ligações covalentes.
  • Isoquinolinas: Benzo(c)piridina; estrutura anelar característica do grupo de alcaloides do ópio, representado pela paverina. (Stedman, 25a ed)
  • Peptídeos Cíclicos: Peptídeos cujos terminais amino e carboxi são unidos por uma ligação peptídica, formando uma cadeia circular. Alguns deles são agentes ANTI-INFECCIOSOS e alguns são biossintetizados sem a participação dos ribossomos (BIOSSÍNTESE DE PEPTÍDEOS não RIBOSSÔMICA).
  • Receptores de Melanocortina: Família de receptores acoplados à proteína-G, que tem especificidade para os HORMÔNIOS ESTIMULADORES DE MELANÓCITOS e o HORMÔNIO ADRENOCORTICOTRÓPICO. Há vários subtipos de receptores de melanocortina, cada um tendo diferente perfil de especificidade de ligante e diferente localização tissular.
  • Compostos Bicíclicos Heterocíclicos: Classe de compostos saturados que consiste de somente dois anéis, com dois ou mais átomos em comum, contendo pelo menos um heteroátomo, que recebe o nome de uma cadeia aberta de hidrocarboneto contendo o mesmo numero total de átomos.
  • Hormônios Estimuladores de Melanócitos: Peptídeos com a capacidade de estimular as células pigmentadas, MELANÓCITOS, em mamíferos e os MELANÓFOROS nos vertebrados inferiores. Ao estimular a síntese e distribuição da MELANINA nestas células pigmentadas, eles aumentam a coloração da pele e de outros tecidos. Os MSHs, provenientes da pró-opiomelanocortina (POMC), são produzidos pelos MELANOTROFOS na PARTE INTERMÉDIA DA ADENO-HIPÓFISE, CORTICOTROFOS na parte anterior da hipófise e nos neurônios hipotalâmicos no NÚCLEO ARQUEADO.
  • Pirrolidinonas: Grupo de compostos que são derivados de oxo-pirrolidinas. Um membro desse grupo é a 2-oxo pirrolidina, que é um intermediário na manufatura de polivinilpirrolidona.
  • Poríferos: Filo de esponjas (multicelulares) sésseis que alimentam-se de suspensões e utilizam células com flagelos (coanócitos) para a circulação da água. A maioria é hermafrodita. Provavelmente existiu um ramo na escala evolutiva que não originou nenhum grupo de animal. As esponjas são animais marinhos (cerca de 150 espécies de água doce) e fonte de ALCALOIDES, ESTERÓIS e outras moléculas complexas úteis na medicina e pesquisa biológica.
  • Conformação Molecular: Forma característica tridimensional de uma molécula.
  • Modelos Moleculares: Modelos usados experimentalmente ou teoricamente para estudar a forma das moleculas, suas propriedades eletrônicas ou interações [com outras moléculas]; inclui moléculas análogas, gráficos gerados por computador e estruturas mecânicas.
  • Ensaios de Seleção de Medicamentos Antitumorais: Métodos de investigação da eficácia de drogas citotóxicas anticâncer e inibidores biológicos. Incluem modelos de morte celular in vitro e testes de exclusão de corantes citostáticos assim como medidas in vivo dos parâmetros de crescimento tumoral em animais de laboratório.
  • Macrolídeos: Grupo de compostos macrocíclicos frequentemente glicosilados formado por uma cadeia em extensão de vários PROPIONATOS ciclizados em uma lactona grande (caracteristicamente de 12, 14 ou 16 membros). Os macrolídeos pertencem à classe de POLICETÍDEOS de produtos naturais e muitos membros apresentam propriedades antibióticas.
  • Inibidores da Topoisomerase I: Compostos que inibem a atividade da DNA TOPOISOMERASE I.
  • Concentração Inibidora 50: Concentração de um composto necessária para reduzir o crescimento populacional de organismos, incluindo células eucarióticas, em 50 por cento, in vitro. Embora em geral expresso para denotar atividade antibacteriana in vitro, também é utilizada como um ponto de referência para citotoxicidade a células eucarióticas em cultura.
  • Desenho de Drogas: Projeto (design) molecular de drogas para finalidades específicas (como ligação de DNA, inibição enzimática, eficácia anti-câncer, etc.) baseado no conhecimento de propriedades moleculares como atividade de grupos funcionais, geometria molecular, e estrutura eletrônica, e também em informações catalogadas sobre moléculas análogas. O desenho de drogas geralmente é uma modelagem molecular auxiliada por computador, mas não inclui farmacocinética, análise de dosagem ou de administração da droga.
  • Animais: Organismos heterotróficos unicelulares ou multicelulares que possuem capacidade sensorial e de realizar movimentos voluntários. Animalia era um dos reinos sob o antigo paradigma dos cinco reinos. Sob o modelo moderno de três domínios, Animalia representa um dos muitos grupos do domínio dos EUCARIOTOS.
  • Estereoisomerismo: Fenômeno através do qual compostos cujas moléculas têm o mesmo numero e tipo de átomos e o mesmo arranjo atômico, mas diferem nas relações espaciais.
  • Mimetismo Molecular: Estrutura de uma molécula que imita ou simula a estrutura de uma molécula diferente.
  • Ressonância Magnetica Nuclear Biomolecular: Espectroscopia de RNM (NMR) em macromoléculas biológicas de tamanho pequeno a médio. É geralmente utilizada para investigação estrutural de proteínas e ácidos nucleicos, e em geral envolve mais de um isótopo.


Mais informação


  • DeCS - Descritores em Ciências da Saúde.
  • MEDLINE - Publicaçãos da Biblioteca Nacional da Medicina (multilingüe).
  • MedlinePlus - Informação da saúde da Biblioteca Nacional da Medicina (espanhol).

Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.
Última atualização: Abril 2009
Estatísticas