FAQ - molusco contagioso
(Powered by Yahoo! Answers)

Tem algum tipo de remédio para molusco contagioso? Sem precisar arrancá-lo?


Minha filha está cheia no braço.
----------

Amiga, existem tratamentos medicamentosos, mas como eles são mais lentos e o molusco contagioso é extremamente contagioso, o médico sempre prefere o tratamento cirúrgico para evitar que outras pessoas da mesma família sejam infectadas. Boa sorte.  (+ info)

O que é infecção pelo vírus do molusco contagioso ?


NEM SABIA QUE EXISTIA ISSO...

É uma infecção freqüente de pele, de origem viral, contagiosa, causada por poxvírus. Afeta principalmente crianças.

Como se desenvolve?

A infecção se dissemina principalmente pelo contato direto de indivíduo a indivíduo. A transmissão sexual não é comum em crianças, como acontece em adolescentes e adultos.

O que se sente?

As lesões são assintomáticas. Se inflamadas ou irritadas podem desencadear ardência ou coceira.

Nas crianças em geral são afetados o tronco, extremidades (braços, mãos, pernas e pés) e rosto - áreas mais expostas.

Nos adultos em geral a área genital é a mais afetada.

As lesões são arredondadas, elevadas, firmes, brilhantes, da cor da pele, roxas ou acastanhadas e com uma depressão central característica.

Medem de 2 a 5 mm, mas podem ser maiores. O espalhamento é por auto-inoculação (de uma lesão para outra), podendo chegar a um número abundante de lesões.

Como se faz o diagnóstico?

Em geral as lesões são bem características, mas se houver dúvida, deve-se encaminhar uma amostra para exame de pele (biópsia) - para confirmação diagnóstica.

Como se trata?

Existem técnicas cirúrgicas não invasivas, de fácil resolução da doença. O paciente deve sempre ser alertado quanto ao aparecimento de novas lesões que estariam em incubação (latentes - sem manifestação clínica).

Também dispõe-se de tratamentos medicamentosos.

Pode até ocorrer cura espontânea após evolução prolongada, mas o tratamento é tão eficaz e fácil que não justifica não ser realizado - por não se prever a duração da moléstia e facilidade de transmissão da virose.

Como se previne?

Evitar o contato direto com as lesões de molusco contagioso.  (+ info)

o que e moluscos, falam que e contagioso, que remèdio posso usar em casa sem correr perigo, ela so tem 2 anos?


A minha irmã teve quando era pequena, minha mãe levou ela no médico. O méddico falou que são bichinhos que entram na pele. Não tem remédio, só se deve espremer pra que eles saiam, mas tomar cuidado para não deixar na pele, pq é contagioso sim, pode voltar pra pele e contaminar outros lugares, então o que vc espremeu ponha no papael higiênico e jogue na privada e dê descarga. Se ficar na pele, ele se enterra de novo e pode passar pra outros lugares. Você tem que espremer todos, é facinho de se eliminar, a única coisa ruim é que sua filhinha vai chorar de vc espremer pq dói... tadinha... melhoras pra ela!  (+ info)

se beijar com a herpes sem esta manifestada e contagioso?


eu quero namorar uma garota mas se for contagioso como e q fica???
como e que eu vou nmr sem beijar???
----------

Você não poderá beija-la apenas nos períodos de manifestação da doença, isto é, quando houver o aparecimento das feridas na região da boca. Tome muito cuidado pois nesse período, a doença se torna extremamente contagiosa. As feridas só irão aparecer nos momentos em que ela estiver com uma baixa imunidade, do contrario o vírus permanecera inoculado no gânglio dorsal dela, e poderá não apresentar nenhuma manifestação ate que a imunidade baixe novamente.
Espero ter esclarecido.  (+ info)

Hemorroidas são causadas por algum tipo de virus ou não? é contagioso?


Camila, Hemorróidas são Varizes no ânus. As veias afetadas localizam-se sob a membrana mucosa que reveste a parte inferior do reto e do ânus.

Tornam-se inchadas em conseqüência da pressão crescente dentro delas, geralmente provocada por esforços persistentes ao evacuar.

Elas aparecem com freqüência durante a gravidez e logo após o parto, embora desapareçam dentro de algumas semanas.

Muitos obesos também podem ser afetados pelo problema, assim como pessoas com cirrose avançada do fígado.

As veias inchadas e retorcidas do ânus, características dessa condição, têm uma parede fina e, portanto, podem ser facilmente rompidas durante a passagem de fezes endurecidas.

Hemorróidas internas são aquelas que ficam próximas ao início do canal anal; se estiverem localizadas mais abaixo, na abertura anal, são consideradas externas. Às vezes, as hemorróidas externas se projetam para fora do ânus.

Isso pode acontecer somente durante a evacuação, mas, em seguida, a veia retorna ao lugar. É possível, também, que o sangue das hemorróidas coagule, provocando uma trombose extremamente dolorosa.
Quais são os Sintomas ?

O sangramento é o principal sintoma e, freqüentemente, o único. Além disso, as evacuações podem tornar-se cada vez mais dolorosas, a ponto de serem evitadas pela pessoa afetada.

Em conseqüência, as fezes ficam retidas no reto; nesse local, é absorvido ainda mais líquido, o que aumenta o ressecamento e a rigidez das fezes.

Eliminá-las, então, provoca mais dor e sangramento. As hemorróidas protuberantes muitas vezes produzem um corrimento mucoso e coceira em torno do ânus. Se houver trombose, a pessoa também poderá sentir dor forte.

Quais são os Riscos ?

As hemorróidas são muito comuns e a maioria das pessoas apresenta sangramento ocasional por causa delas. Essas varizes geralmente não são perigosas, embora possam ser incômodas e doloridas — um problema grave é mais raro.

O risco é achar que o sangramento seja provocado por hemorróidas quando, na verdade, é causado por câncer do reto ou do cólon, especialmente em pessoas com mais de 40 anos. É por isso que um médico deve ser imediatamente consultado nos casos de sangramento anal.

O que Fazer ?

Consulte um médico caso detecte qualquer sinal de sangramento anal. Ele pode examinar seu ânus introduzindo um dedo protegido por uma luva de borracha e verificar a área usando um retosigmoidoscópio.

Para excluir a possibilidade de câncer, talvez seja necessário, também, submeter-se a um enema de bário e sigmoidoscopia ou até mesmo a uma colonoscopia.

Qual é o Tratamento ?

Auto-ajuda: para produzir fezes pastosas, mais facilmente eliminadas, coma muitas frutas, vegetais, cereais e pão integral. Você também deve beber muita água e outros líquidos, inclusive suco de ameixa, se necessário. Caso já tenha hemorróidas, lave-se meticulosamente, mas com delicadeza, após cada evacuação, enxugando-se bem.

Se as hemorróidas forem protuberantes, empurre-as de volta para dentro do ânus com seu dedo depois de cada evacuação para evitar abrasão e irritação. A dieta acima especificada, juntamente com uma boa higiene, geralmente consegue controlar as hemorróidas e curar casos menos graves.

Para aliviar hemorróidas inflamadas, existem supositórios retais contendo hidrocortisona, anestésicos locais e adstringentes que são vendidos sem receita médica.

Siga sempre as instruções da embalagem. Durante uma crise mais dolorosa, fique na cama. Compressas de gelo podem aliviar o inchaço; banhos quentes de imersão, algumas vezes por dia, também ajudam. Se a dor persistir por mais de 24 horas, consulte um médico.

Ajuda profissional: se as hemorróidas com trombose doerem muito, o médico possivelmente removerá o coágulo, utilizando um anestésico local. Em geral, o médico aconselha o uso de pomadas, supositórios com calmantes ou analgésicos que contenham corticosteróides. Alguns supositórios também contêm anestésico.

Se a prisão de ventre persistir, devem ser tomadas algumas medidas adicionais: dieta rica em fibras; ingestão de grande quantidade de líquidos; hábitos higiênicos corretos; e, se necessário, um forte laxante com mais líquidos novamente.

Quando não ficam curadas com esses cuidados, pode ser necessário outro tipo de tratamento. Por exemplo, a destruição das varizes pela criocirurgia, que envolve o congelamento do tecido afetado.

Outro tratamento é a injeção de uma substância química especial que diminui as hemorróidas internas. Ocasionalmente, as veias inchadas podem ser removidas cirurgicamente com um procedimento chamado hemorroidectomia, relativamente simples.
Então, não são virus e não é contagiosa, certo?
Tchau  (+ info)

Uma amiga minha, se ofereceu para fazer sexo oral em mim, é contagioso pra mim ou tenho que usar camisinha?


Esta minha amiga se ofereceu para fazer sexo oral em mim, tenho vontade mas um pouco de insegurança pois nao sei se corro o risco de pegar alguma doença ou ser prejudicial a ela, devo usar camisinha ou nao?
----------

amigo trate de abrir o guarda chuva! nao cai na bobeira de se molhar! coloque camisinha pois assim vc durmirar tranquilo sem pensar em doencas que vc correria o risco de ter! principalmente se ela esta se oferencendo, quem garate que ele nao fez isso com outros! se cuida meu caro use sempre camisinha  (+ info)

Infecçao Urinaria é contagioso na relaçao sexual?


Infecção urinária não é doença contagiosa. A mulher pode ter infecção depois de uma relação muito vigorosa, ou relações repetidas, porquê na lua de mel, mas não por contaminação do parceiro, e sim por culpa do traumatismo na uretra e por irritação na uretra, que fica muito perto da vagina. Os médicos falam em cistite de lua de mel por esta razão.


SIM A mulher possui a vagina muito próxima da uretra (via onde e expelida a urina), portanto, durante uma relação sexual onde ocorre uma certa dor, pode-se machucar a vagina, abrindo uma "porta" para as bactérias do pênis, do meio exterior ou mesmo da sua propria vagina ou virilha passarem por essa porta e irem para sua uretra, causando a infecção urinária. Essa infecção deve ser tratada mal percebida. Pois ela pode se exacerbar e tornar-se uma infecção renal, muito mais problemática que a infecção urinária. Cuide-se Há outras maneiras de adiquirir infecção urinária, porquê uma calcinha mal lavada, ou permanecer muito tempo com um biquini úmido.  (+ info)

O siúmes é mais contagioso do q a preguiça?


poxa samira é melhor vc ter cuidado c/ as palavras na hora de divulga-las, se tiver alguma duvida da grafia, joga no google que já aparece corrigida se nao acaba que ninguem responde a sua pergunta e só fica te zoando. Mas respondendo... ciúmes não é contagioso, pelo menos eu nao acho que pode ser, nem a preguiça essas duas caracteristica depende de pessoa para pessoa, é uma questão de personalidade . Eu não acho que eu posso contagiar alguem c/ minha preguiça ou ciúmes.  (+ info)

Mal chiero nas axilas é contagioso, se usar o mesmo roll-on da pessoa ou usar as roupas?


Olá, sim é contagioso nos produtos de uso pessoal e roupas também.
Para tirar o odor, vc tem duas opções:
lave as axilas com sabonete soapex, enxugue bem a aplique talco granado.
Segunda opção, aplique limão e espere por 5 minutos
lave bem as axilas e após secar bem pode aplicar pasta
de bicarbonato de sódio....destes que vc encontra em supermercados...
Obs....O bicarbonato deve ser misturado apenas com água
para formar a pasta....

Boa sorte  (+ info)

quero saber se a sindrome de fournie é contagioso, se pode passar de uma pessoa para outra?


Oi colega!

Leia isso:

O que é Síndrome de Fournier?


A gangrena denominada de Fournier (1883) é uma forma específica de gangrena sinérgica, envolvendo escroto e períneo. Tem apresentação idiopática, porque há um processo necrosante obscuro de subcutâneo, sem causa definida mas com infecção mista.

A descrição de Fournier envolvia três pontos comuns: início escrotal súbito em paciente hígido; progressão rápida da gangrena e ausência de causa. Um fato parece estar colaborando com o aumento da incidência desta doença nos últimos anos: o uso abusivo de antibióticos.

Há acometimento dos adultos, podendo aparecer na criança e velho; parece haver unia correlação com as cirurgias urológica e plástica e infecção retroperitoneal. A mortalidade gira entre 25 e 32%.

O quadro clínico demonstra dor escrotal súbita em pacientes sem qualquer queixa, toxicoinfecção rápida e grave, com prostração e inconsciência. Não há sinais de abdômen agudo ou doença sistêmica.

O exame físico mostra: escroto aumentado por edema e eritema muito doloroso. O tecido epitelial torna-se escuro e progride para gangrena, com um odor fétido (de mortificação) e enfisema subcutâneo locorregional. Nesta fase, a dor melhora pelo envolvimento dos nervos, o que torna a situação mais grave, se não se suspeita do diagnóstico.

Esta situação simula: orquite, epididimite, torção de testículo, hérnia estrangulada, abscesso escrotal.

Há febre e um quadro gravíssimo, onde se pode observar: taquipnéia, náusea, vômito, alterações mentais em geral resultantes de septicemia.

Não se explica a preferência pela pele escrotal. Várias sugestões existem: falta de higiene; evaporação menor de suor; pregas de pele que albergam em ninhos as bactérias que penetram após pequenos traumas; as rugas da pele impedem uma circulação livre com baixa resistência à infecção; tecido celular subcutâneo muito frouxo facilitando a disseminação; edema em trauma ou infecções menores, interferindo na vascularização correta da região; tromboses de vasos subcutâneos de maneira extensa.

Apesar de se atribuir a causa a uma sepse, o caráter idiopático se mantém em 50% dos casos. Mas não se pode esquecer inúmeras condições traumáticas, cirúrgicas e patológicas associadas à gangrena escrotal e que coincidentemente se localizam na pelve e estão relacionadas à cirurgias anorretais, e geniturinárias e apendiculares e a neoplasia.

Os germes isolados dos tecidos doentes são anaeróbios (Bacteroides, Clostridium ou Streptococci) e aeróbios (E. coli, Staphylococcus epidermidis, Streptococci).

Fonte: Cirurgia de Urgência - Vol. II - 2ª Ed. - 1994.

Copyright © 2006 Bibliomed, Inc.

Oi colega eu li tota a matéria so site abaixo, e nem por um instante fala em contágio, mas sim em dedicação total a pessoa portadora deste mal! Leia e confirme:

http://www.ee.usp.br/reeusp/upload/html/642/body/v36n2a01.htm  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem ou imagem sobre "molusco contagioso" (ou acessa o fórum):