FAQ - linfadenite mesentérica
(Powered by Yahoo! Answers)

Alguém pode me informara sobre linfadenite mesentérica?


é inflamação dos linfonodos(ganglios) localizados na membrana que conecta os órgãos à parede abdominal

veja aqui descriçao ,causa e tratamento
http://bibliomed.uol.com.br/book/showdoc.cfm?bookid=26&bookcatid=8&bookchptrid=719&action=full&autentication=ok  (+ info)

Fui diagnosticada com linfadenite vascular, alguem sabe se esta doença é perigosa?


procure por um angiologista, e siga suas orientações. boa sorte.  (+ info)

o que é linfadenite crônica do tipo sarcoide?


Olá, vou tentar responder de uma maneira simples para vc entender, ok?

Linfadenite é uma inflamação nos glâglios linfáticos

O fato dela ser crônica quer dizer que ela está lá a muito tempo. Não é aguda (o vaso linfático inflamou de repende e passou), os vasos linfáticos estão inflamados a muito tempo e muito possivelmente vão continuar inflamados, pois ela é crônica, doenças crônicas são aquelas que se instalam no organismo e ficam muito tempo (ex: sinusite aguda: vc tem a crise e depois de um tempo, com tratamento, ela desaparece - vc fica livre da sinusite - sinusite crônica: está sempre lá e ás vezes ela dá crises como se ägudizasse")

Sarcóide : " Diz-se de um, ou pequeno tumor cutâneo, em geral múltiplo, com o aspecto de um sarcoma mas de natureza benigna".

Sarcoma: "Um sarcoma é um cancro (tumor) do osso, cartilagem, tecido gordo, músculo, vasos sanguíneos, ou de outros tecidos do tipo conjuntivo ou de suporte. O termo advém do termo grego que sigifica "crescimentos carnoso".

Bom, é isso, espero ter ajudado.
[]s  (+ info)

O que é Linfadenite? Definição, Sinais e Sintomas, tratamento, assistência de enfermagem...?


Linfadenite

--------------------------------------------------------------------------------

A linfadenite é a inflamação de um ou mais gânglios linfáticos.

Uma infecção causada por qualquer tipo de microrganismo (bactérias, vírus, protozoários, rickettsias ou fungos) pode provocar linfadenite. A infecção propaga-se, tipicamente, até um gânglio linfático a partir de uma infecção da pele, do ouvido, do nariz ou dos olhos.

Sintomas e tratamento

Os gânglios linfáticos infectados aumentam de volume e doem. Em certos casos observa-se na pele que os cobreuma cor avermelhada e uma sensação de calor.

Em geral, a causa da linfadenite é uma infecção próxima evidente. Quando a causa não for facilmente detectada, pode ser necessário efectuar uma biopsia (colher uma amostra de tecido para exame microscópico).

Tratamento e prognóstico

O tratamento depende do microrganismo que causa a infecção. No caso de uma infecção bacteriana, costuma administrar-se um antibiótico por via endovenosa ou oral. As compressas quentes podem ajudar a aliviar a dor dos gânglios linfáticos inflamados. Estes, regra geral, uma vez que a infecção seja tratada, diminuem lentamente de volume e a dor desaparece. Por vezes, os gângliosaumentados permanecem duros mas já não causam incómodo.  (+ info)

minha filha tem linfonodo inguinal a 1 ano já fez uma biópsia e deu linfadenite crônica não especifica.?


agora ela fez uma tomografia e deu celulite ou linfaedema nao sei o que fazer mais.
----------

linfonodo não é nada grave so uma inflamação. linfadenite sai com medicação.  (+ info)

Meu marido esta com trombose na veia Porta do figado e na mesentérica.?


O tratamento esta sendo há 6 dias ,heparina na veia, os médico já querem trocar para via oral . Não é muito cedo?
A heparina pode dar hemorragia a qualquer momento ?
Com esse diagnóstico o tempo de vida dele provavélmente deve ser pouco?
Me tirem essas dúvidas por favor..estou muito preocupada.
Obrigada.
----------

Não é muito cedo não, não é bom tomar heparina injetavel por muito tempo, eles vão trocar por V.O.,se seu marido no se adaptar, vão voltar para injetavel, não é tão complicado assim.
Assim como com o tempo pode mudar para varfaina (marevan) ou AAS (acido acetil salicilico).
Não é questão de dar hemorragia assim do nada, mas como a coagulação do sangue fica mais dificil, com cortes, machucados, cirurgias, ele vai sangrar bastante sim.

O tempo de vida não é necessariamente curto não, basta tomar os cuidados ja prescritos, tomar a medicação e a qualquer sintoma ir no hospital, sem contar q tem que fazer o acompanhamento adequadamente.

Não tem que ficar desesperada, a vida continua normalmente, apenas com alguns cuidados extras.

Beijão Boa sorte  (+ info)

gostaria de saber o que é linfadenite crônica aguda generalizada na regiao inguinal?? se alguém puder ajudar!!?


Explicação que achei na internet mesmo;

---------------------------------------


A linfadenite é a inflamação de um ou mais linfonodos. Uma infecção causada por qualquer tipo de microrganismo (bactérias, vírus, protozoários, riquétsias ou fungos) pode causar linfadenite. Normalmente, a infecção dissemina-se para um linfonodo a partir de uma infecção da pele, do ouvido, do nariz ou do olho.

Sintomas e Diagnóstico

Os linfonodos infectados aumentam de tamanho e, em geral, tornam-se sensíveis e dolorosos. Algumas vezes, a pele sobre os linfonodos infectados torna-se vermelha e quente. Geralmente, a causa da linfadenite é uma infecção próxima e evidente. Quando a causa não pode ser facilmente detectada, pode ser necessária a realização de uma biópsia (coleta de uma amostra para exame microscópico).

Tratamento e Prognóstico

O tratamento depende do microrganismo responsável pela infecção. Para uma infecção bacteriana, é prescrito um antibiótico intravenoso ou oral. As compressas quentes podem ajudar a aliviar a dor dos linfonodos inflamados. Comumente, assim que a infecção é tratada, os linfonodos diminuem lentamente e a dor desaparece. Algumas vezes, os linfonodos aumentados permanecem firmes, mas não são mais sensíveis.

Linfangite Aguda

A linfangite aguda é a inflamação de um ou mais vasos linfáticos e, normalmente, é causada por uma infecção estreptocócica. Os vasos linfáticos são pequenos canais que transportam a linfa dos tecidos aos linfonodos e através do organismo. Os estreptococos comumente penetram nesses vasos a partir de uma escoriação, de uma ferida ou de uma infecção (geralmente, uma celulite) em um membro superior ou inferior. Surgem estrias vermelhas, irregulares, quentes e sensíveis sob a pele do membro afetado. Geralmente, as estrias estendem- se da área infectada em direção a um grupo de linfonodos (p.ex., inguinais ou axilares). Os linfonodos aumentam de tamanho e tornam- se sensíveis à palpação. O indivíduo comumente apresenta febre, calafrios, aumento da freqüência cardíaca e cefaléia. Algumas vezes, esses sintomas ocorrem antes das alterações cutâneas. A disseminação da infecção do sistema linfático para a corrente sangüínea pode causar uma infecção generalizada, freqüentemente com uma velocidade surpreendente. Pode ocorrer a formação de úlceras na pele sobre o vaso linfático infectado. Um exame de sangue pode revelar um aumento do número de leucócitos para combater a infecção. Os microrganismos causadores da infecção geralmente não podem ser identificados ou cultivados em laboratório, exceto se tiver ocorrido uma disseminação através da corrente sanguínea ou se for possível coletá-los do pus ou de uma ferida aberta. A maioria dos indivíduos é curada rapidamente com o uso de antibióticos que matam os estafilococos e os estreptococos (p.ex., dicloxacilina, nafcilina ou oxacilina).  (+ info)

Como a trombose da veia porta causa a necrose do intestino delgado, sendo q os exames de sangue nada acusaram?


Olá,
Perdi um primo ontem de 20 anos. Há 4 dias ele começou a sentir fortes dores abdominais, sem febre, sem vômitos e fezes (segundo ele) normais. O médico pediu ultrassonografia de abdome e exames de sangue. Tudo normal, a não ser por leve neutrofilia relativa no hemograma e tgp de 79 (VR: até 40). No ultrassom nada alterado.
2 dias depois, a dor continuava, e cada vez mais forte. Refez todos os exames e foi encontrado a mesma coisa. Continuava sem febre e vômito, porém já não evacuava mais, por não conseguir comer. Tomou vários medicamentos para dor, mas nada fazia passar. O médico então pediu uma tomografia, e nela constatou uma massa na região abdominal. O único jeito de saber o q era, seria "abrir" o corpo para ver. Seria uma cirurgia simples, com laser, porém, por ele ser obeso, disseram q seria a tradicional "facada" na barriga.
A cirurgião começou a operação, e assim q começou o corte, meu primo sofreu uma parada cardíaca. Reanimaram, e continuaram a operação. Quando a cirurgiã conseguiu abrir e ver a cavidade, ele teve uma segunda parada. Ela viu q 80% do intestino delgado estava necrosado. Fechou e aguardaram ele estabilizar novamente. Até então não sabiam o q havia acontecido. A hipótese diagnóstica antes de abrir era de uma diverticulite aguda. Após a tentativa de cirurgia, já optaram por um trombo, não sabiam onde.
Infelizmente ele não reagiu, e faleceu.
Na necropsia, segundo minha tia, constatou-se q a causa foi trombose da veia porta.
Pergunta: Se era na veia porta, não era o fígado q deveria estar sofrendo? E pq os exames não deram alterados? A veia porta não se vê na ultrassonografia?
O sangue não sai do intestino e vai para o figado? Pq o intestino ficou sem sangue se o trombo estava nesta veia? Ele não deveria estar "encharcado"?
A parada cardíaca foi resultante desse trombo?
Por favor, estou sem entender. Fiz um ano de anatomia, por isso (acho q ) entendo um pouco do q aconteceu. A minha dúvida é: não seri atrombo na vaia mesentérica?
E, segundo os médicos, essa hipótese só foi cogitada tardiamente por q isso é muito raro acontecer com um rapaz de 20 anos. Acredito neles.
Obrigada!
----------

a trombose da veia porta é rara em pessoas jovens , quando ocorre deve-se suspeitar de alguma doença da coagulação do sangue, que pode ser hereditária, quando não associada ao câncer. O sangue que drena do intestino (venoso) vai para a veia porta. Quando ela sofre trombose, há dificldade nesta drenagem e isto leva a uma lentidão na circulação do sangue venoso, que provoca por sua vez também trombose venosa no intestino, muito edema e por fim isquemia da parte arterial do intetsino. O Ultrassom pode não ver tais anomalias, seria mais fácil identificar na tomografia com contraste. A isquemia é que faz o intestino ficar sem sangue. E uma situação muito grave em que raramente há escapatória, normalmente ocorre parada cardíaca por alteração nos eletrólitos do sangue.  (+ info)

Pelo resultado deste laudo de USG Abdominal Total a que conclusão um BOM Médico pode chegar?


Ocorre que este exame foi efetuado esta semana e a médica responsavel encaminhou com urgencia ao Gastro, e este disse ser responsabilidade do Oncologista. Preciso de auxilio para saber qual especialista pode ajudar e do que se trata este laudo.
Só consegui consulta para junho. Aguardo orientação.

Usg Abdomem Total

Identificada extensa massa de linfonodomegalias envolvendo a aorta e
comprimindo a V.C.I. (veia cava inferior) a partir da Artéria mesentérica. Mede 90 x 65 x 56 mm. A referida massa causa Hidronefrose discreta à esquerda.
Ainda temos massa Linfonodol envolvendo a veia e artéria ilíaca direita medindo 50 x 39 mm.
Restantes das estruturas sem alterações, inclusive o baço que mediu 117 x 110 x 41 mm.
Obs. Nódulo de etimologia à esclarecer no lobo esquerdo da tireóide medindo 23 x 14 x 13 mm.

no aguardo obrigado
----------

Amiga, o profissional indicado é o oncologista. Não deu nenhuma alteração no sistema gastrointestinal e por isso o grastro não pode resolver. Boa sorte.  (+ info)

Ajuda na analise de USG Abdominal Total,o Gastro indicou o Onco, e ressaltou urgencia.Médico de plantão?


Se houver algum médico que me ajuda a interpretar o resultado deste USG.

é sério!

Usg Abdomem Total

Identificada extensa massa de

linfonodomegalias envolvendo a aorta e

comprimindo a V.C.I. (veia cava inferior)

a partir da Artéria mesentérica. (

inferior ou superior) Mede 90 x 65 x 56

mm. A referida massa causa

Hidronefrose discreta à esquerda.

Ainda temos massa Linfonodol envolvendo a veia e artéria ilíaca direita medindo 50 x 39 mm.

Restantes das estruturas sem alterações, inclusive o baço que mediu 117 x 110 x 41 mm.

Obs. Nódulo de etimologia à esclarecer no lobo esquerdo da tireóide medindo 23 x 14 x 13 mm.

A consulta que conseguimos esta prevista só para inicio de junho/09, como ressaltou urgente quero saber do que se trata e como podemos amenizar a dor até a consulta.
----------

Amiga, não existem médicos no YR e se existissem não passariam receitas on line. O caso é sério e não pode esperar até junho. Tentem outra consulta em outro lugar. Não percam tempo. Boa sorte.  (+ info)

1  2  

Deixa uma mensagem sobre 'linfadenite mesentérica'



Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.

Última atualização: Setembro 2014