FAQ - fístula biliar
(Powered by Yahoo! Answers)

Como fazer sexo após uma cirurgia de fístula anal?


Sou compulsivo por sexo. Apesar de não ser homossexual, tenho muito prazer anal e faço sexo constantemente com desconhecidos, à noite e em parques públicos. Gosto de ser penetrado, prefencialmente sem preservativo, por garotos e homens bem dotados. Aviso que não sou gay, não beijo, não namoro e nem tenho vontade de ter qualquer outro tipo de relacionamento com homens. Tenho nojo da vida gay. No momento não tenho namorada, mas saio sempre com mulheres e talvez comece um relacionamento em breve.

Tudo ia bem até que fui acometido por uma fístula. Essa fístula ocorreu em função da violência que gosto que os caras apliquem quando me penetram. Procurei um proctologista e realizei uma cirurgia. O problema é que não consigo esperar a cicatrização. Depois de três, ou quatro dias, já estou sendo penetrado por dezenas de desconhecidos na mesma noite.

Aviso que não tenho HIV. Felizmente faço parte do grupo que é imune geneticamente (faço sempre teste e apesar de já ter sido penetrado e recebido a ejaculação de mais de mil parceiros desconhecidos não contraí HIV). Já tive inúmeros outro problemas como sífilis, gonorréia, HPV, Hepatite e outros, mas todos têm cura e foram tratados.

Mas agora esta fístula não cicatriza. Inclusive levo um tubo de pomada cicatrizante para o parque para passar logo após os homens terminarem de se divertir em mim. Sei que esperma tb tem propriedades cicatrizantes, mas nada adianta. Tenho uma ferida cada vez maior, que sangra muito, dói (mas a dor não me incomoda, mesmo porque gosto de sentir dor na região anal) e cheira mal.

Estou começando a ter problemas! Como faço pra continuar minhas relações? Alguém pode me indicar algum medicamento pra ser usado antes, durante ou depois das penetrações? Já tentei e não consigo me manter sem esses encontros, mesmo com anos de psicanálise. Então só quero resolver esta cicatrização ao mesmo tempo em que continuo com minha atividade sexual.

Me ajudem!
Grato.
----------

Nada melhor que consultar com seu médico, por favor se cuida muito!!


TT  (+ info)

o que sinfifica neo de vesícula biliar?


Neoplasia da vesícula biliar,ou seja, câncer da vesícula biliar.

Câncer de vesícula biliar é um tipo relativamente incomum de câncer. Se é diagnosticado precocemente, pode ser curado com a remoção da vesícula biliar (colecistectomia). Além da cirurgia pode ser utilizado quimioterapia e radioterapia.
Geralmente é encontrado após o aparecimento de sintomas como dor abdominal e icterícia, e após ter se espalhado para outros órgãos, como o fígado.
  (+ info)

Para quem já retirou a vesícula biliar?


Tenho problemas há mais de 10 anos, tenho fígado grande e má formação da vesícula. Com o passar dos anos (e porque tenho boa boca para comer) tenho sentindo cada vez pior, vómitos, diarreia, descargar da bílis para o estômago queimando as paredes, dores, parece que a vesícula já não tem espaço nas minhas costelas, ultimanente tem latejado mais. à noite, acordo porque dói muito na zona abdominál. Há anos atrás fui a uma consulta de cirurgia, e o médico não aconselhou cirurgia pois eu não tenho pedras. Continuo não tendo pedras, mas meu organismo está de tal forma mal-tratado que minha médica quer que eu seja operada. Vai ser minha primeira operação, tou com medo. E se correr mal? E se continuar na mesma com dores? E se engordar? Como foi com você, pode me contar?
----------

Pde piorar se vc não operar e esta inflamação alcançar o seu pacreas ai vai ficar pior olha trabalho em um hospital ja a 20 anos e nunca vi nem um pacinte morrer cururgia da visicula.
Este liquido que cai no intestino delgado(intestino fino) ele ajuda na digestão, então o que pode acontecer e vc ficar um pouco resecado.  (+ info)

Onde posso vender cálculos biliares, ou pedras da vesícula biliar (gallstone, em inglês)?


Ouvi dizer que laboratórios de pesquisa compram cálculos biliares (gallstone, em ingles), extraídos cirurgicamente da vesícula biliar (gallbladder). Fiz a cirurgia uns meses atrás, e queria vender os cálculos. Alguém sabe algo sobre isso?
Obrigado!!!
----------

Tenta na 25 de março que lá tudo vira negócio.  (+ info)

Quando se faz cirurgia de fístula ano-retal não se pode dar pontos, tem que deixar cicatrizar naturalmente?


Quanto tempo leva para cessar o sangramento?
----------

O tratamento de escolha para a fistula ano-retal é a fistulectomia, ou seja, a retirada da fístula, que é tão somente uma comunicação que não existe normalmente entre o ânus e o reto. Deve-se proceder à retirada pelo risco de uma doença grave chamada Síndrome de Fournier que é a necrose (morte) da região perineal.
Vale salientar, também, que 25% das fístulas ano-retais acabam por resolverem-se espontaneamente.
O tempo de sangramento é variável e é dependende de vários fatores.
Verificar bibliografia abaixo:  (+ info)

Tenho um problema na vesicula biliar, será k posso continuar a malhar no ginasio? obrigado?


ja malhava no ginasio antes de ter este problema.
----------

pode claro,ter uma doença dessas nao o impede de nada e esse e o grande mal das pessoas,pensar que isso lhe aprisiona tudo

pode sim,desde que nao faça coisas muito violentas

porque nao fala com um personal trainer e lhe pede opiniao dos melhores exercicios adequados a sua situaçao?iria ajudar

bj  (+ info)

Fiz uma cirurgia de hemorróida, após 2 meses não cicatrizou e apresentei uma fístula, então fiz outra cirúrgia


p/ eliminar a fístula, agora faz 2 meses da 2a. cirurgia, e ainda não cicatrizou, isto é normal? A médica diz que minha pele é muito sensível.
----------

Acredito que está indo tudo bem.... retorne no seu médico e faça exames para saber se está tudo dentro da normalidade...
bom final de semana
prof!  (+ info)

Alguém poderia enviar-me informações sobre CIRROSE BILIAR PRIMÁRIA?


Minha mãe está com a doença e estou muito preocupada por ser uma doença rara e pouco conhecida...
Encontrei no Yahoo respostas uma resposta do Adilson 555, falando sobre a CBP, e ele parece entender bem do assunto, mas o e-mail dele não está disponível.
----------

CIRROSE BILIAR PRIMÁRIA

O que é?

A cirrose é uma doença difusa do fígado que altera as funções das suas células e da rede hepática de canais sanguíneos e biliares, podendo repercutir por todo o corpo, incluindo a circulação, os pulmões, os rins e o cérebro.

Na cirrose biliar primária ocorre uma destruição dos canais biliares. Estes são finos tubos que recolhem a bile produzida dentro do fígado conduzindo-a por ductos progressivamente de maior diâmetro até a vesícula (onde é concentrada) e ao duodeno (onde colabora com a digestão).

A lesão dos canais biliares leva ao represamento de bile com destruição de células do fígado e sua substituição por um tecido fibroso (cicatricial) não funcionante.

Como se desenvolve?

A causa dessa doença não é bem conhecida. Acredita-se que ocorra um distúrbio auto-imune, assim chamado quando nosso sistema imunológico passa a produzir anticorpos (proteínas de defesa) contra células do nosso próprio organismo, acabando por destruir partes normais.

Há maior freqüência de Cirrose Biliar Primária em mulheres entre 40 e 60 anos e em certas famílias, apesar de não ser uma doença hereditária (que passa de pai para filho). Sabe-se que a doença ocorre em certas ocasiões juntamente com outras que envolvem alterações do sistema imune, como a Esclerodermia, Síndrome de Sjögren, Doença Celíaca (Intolerância ao Glúten) e alguns tipos de hipotireoidismo.

O que se sente?

Podem se passar muitos anos até que se venha a sentir algo.

Um dos primeiros sintomas é coceira pelo corpo e cansaço.

Depois, o médico pode registrar o aumento do tamanho do fígado e do baço, nódulos de gordura na pele, tendões e pálpebras.

Mais tarde, aparecem os sinais de doença mais avançada, em virtude da insuficiência do trabalho das células do fígado com cirrose e devido à deficiente chegada da bile ao intestino, ocasionando:
Diarréia com excesso de gordura nas fezes,
Deficiência de vitaminas (especialmente A, D e K),
Pele e mucosas amarelas (icterícia),
Sangramento no esôfago e estômago.


Como o médico faz o diagnóstico?

A suspeita da doença pode aparecer por acaso, em exames de sangue pedidos por outro motivo.

A confirmação do diagnóstico é feita por uma combinação de resultados de exames de sangue (fosfatase alcalina, colesterol, bilirrubinas, anticorpo antimitocondrial, Imunoglobulina M, proteinograma) com os da microscopia do fragmento hepático obtido por punção biópsia com fina agulha, sob anestesia local.

Esse último exame, além de ser muito importante para o diagnóstico, permite também saber o estágio da doença.

Para afastar outras causas de obstrução dos canais biliares, como câncer, cálculos e estreitamentos cicatriciais pós-operatórios, pode ser necessário um exame de imagem das vias biliares chamado colangiografia, realizável por vários métodos, entre eles, a endoscopia e a ressonância magnética.

Como se trata?

No começo, o tratamento é direcionado para diminuir os sintomas, principalmente a coceira e a má absorção de gorduras e vitaminas.

Costuma-se repor vitaminas e cálcio.

O Ácido Ursodeoxicólico é o remédio de escolha para diminuir a velocidade de evolução da doença. O resultado deixa a desejar, já que a doença continua progredindo

Outras substâncias reguladoras do sistema imunológico também são tentadas, porém, pelos seus possíveis efeitos adversos e complicações decorrentes, exigem análise individual para sua prescrição.

Num dado momento, o transplante hepático poderá ser o único tratamento, que, em nosso meio, alcança resultados semelhantes aos dos melhores centros do mundo. Sem ele, a doença seria fatal cerca de 7 a 10 anos após os primeiros sintomas.

Como se previne?

Não há forma conhecida de prevenção.

Perguntas que você pode fazer ao seu médico

Existem outras doenças associadas a essa?

Essa doença é contagiosa? Minha família tem risco de pegar?

Para que serve o tratamento? Ele cura a doença?

Devo tomar os remédios continuamente? E quando a receita acabar?

Conforme a evolução do meu caso, posso precisar de transplante de fígado?

eh mais comum entre mulherers acima dos 35 anos bjao!!!  (+ info)

Alguém tem cálculo biliar ou já extraiu a vesícula? Fale sobre.?


É que tô com um problema desse na família. A pessoa tem 40 anos de idade, sente fortes dores, mas, está com medo de fazer a cirurgia.
----------

Eu já fiz uma cirurgia de vesícula e estou muito bem  (+ info)

esclareça vesícula biliar quadrada?


Alguem poderia me esclarecer o que quer dizer vesícula biliar quadrada e se tem tratamento específico pra este problema?
----------

É a morfologia da vesícula. Vc fez um ultra-som e alguém descreveu isso? Eu não costumo descrever esse tipo de coisa. Tem vários tipos, como "barrete frígio", em "lágrima". Nada a ver essa descrição.
Seria o mesmo que dizer que uma pessoa tem o dedo do pé redondo, ou quadrado, ou pontudo.
Não é uma alteração, não há o que tratar, é apenas "diferente". Lembrando que diferente significa sempre que não é como todo mundo. SE todo mundo tivesse a vesícula quadrada, os outros tipos de vesícula seriam o "diferente".  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem sobre 'fístula biliar'



Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.

Última atualização: Setembro 2014