http://lookfordiagnosis.com
English
Spanish
Italian
Portuguese
French
Swedish

FAQ - doença do suor
(Powered by Yahoo! Answers)

Suor excessivo na cabeça está relacionado a alguma moléstia na medicina alternativa?


Ou mesmo na convencional... Costumo suar muito na região temporal, testa e mesmo no rosto, e sofro muito com enxaqueca. Gostaria de saber se a medicina tem uma explicação "alternativa" para isso, ou alguma relação de suor excessivo no rosto com algum tipo de doença, carência de vitaminas, etc. Há tratamento?
----------

Oi Gra!!!

Também sofro com isso, andar na esteira me deixa com o cabelo molhado.
Fiz acupuntura e melhorei bastante, a médica me disse que era excesso de calor na região da cabeça.
Também homeopatia, descobri que as crises vem do stress. Logo cedo, mesmo após o banho fico transpirando e passa em 20/30 minutos. Depois que a médica me falou da provável causa (stress), bingo... qdo passo por uma situação que foge ao meu controle, dias depois aparece o sintoma.
Já sei a causa, meu ritmo de trabalho está chegando a 12h/dia e não consigo diminuir... vou tentar equilibrar as energias fazendo Pilates a noite (não gosto de yoga).
Quando eu estou bem, transpiro normalmente como qualquer pessoa.

Veja essa matéria:
http://bonsfluidos.abril.com.br/edicoes/0034/bemestar/b.shtml

Converse com o seu médico.

Bjoos  (+ info)

Quais são os prejuizos que poderei ter se não cuidar de periontite? Já tive cancer qual a relação das 2 doenç?


?
----------

Primeiro porque você não trataria de uma inflamação que vai causar dor e desconforto?

Prejuisos (como de toda inflamação não tradada):
Aumento da infecção
edema e compressão do tecido próximo.
risco de infecção generalizada (septicemia)

Relação entre CA e peritonite..... só estudando o caso com mais detales.... mas superficialmente diria que não tem relação direta.

Procure um médico.

Abraços  (+ info)

Alguém aí tem alguma dica para resolver o problema de alergia do próprio suor?


Quando chego em casa e meu suor seca, me começam umas coceiras por todo corpo, principalmente nas costas. Por enquanto minha solução é tomar banho e deixar sempre os lençóis sempre limpos. Mas alguém tem alguma sugestão para me ajudar, por favor?
----------

Dermatite de Contato é uma doença bastante comum, afetando a pele de muitas pessoas, causando não só aquela coceira indesejável como provocando problemas estéticos, que muitas vezes deixam as pessoas envergonhadas, principalmente quando o problema é em locais visíveis. Em certos casos, a dermatite de contato pode até mesmo prejudicar certas profissões, como acontece para as pessoas que lavam roupas manualmente, ou até mesmo pintores, que estão frequentemente em contato com tintas e solventes. Como o nome já diz, a dermatite de contato é uma inflamação da pele, causada por uma substância que entra em contato com o corpo. é interessante notar que existem dois tipos de dermatite de contato. Um deles é causado por substâncias que irritam a pele, por isso chamados irritantes. Neste grupo, a pessoa não precisa ser alérgica para desenvolver a doença, pois o mecanismo de formação da doença não envolve uma reação imunológica, como acontece nas dermatites de contato alérgicas. Nestas, o individuo só começa a apresentar os sintomas de dermatite se ele for sensível àquele determinado alérgeno. Na verdade, os sintomas das duas dermatites são semelhantes e fica difícil muitas vezes diferenciar uma da outra.

Tipos de Dermatite de Contato:

Causada por Irritantes
Causada por Alergias
DERMATITE POR IRRITANTES
Existem vários produtos normalmente utilizados que podem provocar essa inflamação na pele. Como foi citado, qualquer pessoa pode ter dermatite, basta que ela entre em contato com um dos agentes irritantes que irão desenvolver a doença. Dos irritantes, os mais comuns são os sabões e detergentes. Eles normalmente eliminam a camada de óleo que temos na nossa pele que ajuda a nos proteger contra doenças. Com isso,a pele fica mais sensível, provocando coceira e irritação. Muitas vezes, o próprio resíduo de sabão que fica na pele após nos lavarmos pode provocar a irritação encontrada na dermatite. Também o álcool, tintas e solventes são agentes irritantes para a pele, provocando a dermatite. Além deles, podemos citar os produtos de limpeza como cândida e outros como irritantes da pele. Mesmo o plástico e alguns metais podem provocar a dermatite de contato. Como sempre, a doença pode acometer algumas pessoas e não outras. Isso acontece devido ao fato de cada um tem um tipo de pele diferente do outro. Os locais mais afetados são aqueles em que a camada de pele é mais fina, como nas pálpebras, genitais e no rosto. Também as regiões mais úmidas do corpo são mais susceptíveis à dermatite de contato, pois a umidade aumenta a irritação da pele. é bom lembrar que peles muito secas também se irritam facilmente.

SINTOMAS
Os sintomas e sinais variam conforme a potência do irritante e o tempo em que a pele ficou em contato com ele. Se o agente irritante for muito forte, os sintomas podem aparecer logo após o contato. Já nos casos mais leves, a irritação só surge com o tempo, principalmente com o uso repetido dos produtos irritantes. O que se nota normalmente são lesões secas e descamativas, principalmente nas mãos e braços. Nas lesões mais graves notam-se bolhas, intensa vermelhidão, rachaduras na pele ou mesmo úlceras, dependendo do caso. Além disso, a pessoa se queixa de coceira, às vezes queimação, ou até mesmo dor nos locais afetados.

DIAGNÓSTICO
Em geral, o doente nota que apareceu a irritação logo após o uso de determinado irritante. Mas nem sempre é possível saber o que é que está causando a dermatite, principalmente se existem vários irritantes em questão ou se o problema já vem ocorrendo há algum tempo. O melhor jeito de saber nesses casos é colocar uma pequena quantidade de cada irritante em contato com a pele e notar qual é o que provoca a reação.

TRATAMENTO
A melhor forma de contornar esse problema é detectar qual é o agente que está provocando a irritação e evitar entrar em contato com ele. Se não é possivel evitar o contato em si, usar algum tipo de proteção, como o uso de luvas quando lavar roupas, louças ou na limpeza da casa. As melhores luvas são as de vinil, em relação às de latex, pois causam menos alergia. Se for o caso, coloque uma luva de algodão puro em baixo da de vinil, pois a luva de algodão ajuda a absorver o suor das mãos, evitando que cause irritação. Para aqueles que tem a pele muito seca, é bom usar sempre um creme hidratante para evitar que a pele se irrite. Outro fator importante é evitar lavar as mãos com água muito quente, pois irrita mais a pele. Utilize-se das máquinas como as de lavar roupa e de lavar pratos, se possível. Procure produtos de limpeza e sabões que sejam mais delicados para a pele. Para o rosto, mãos ou mesmo para tomar banho, prefira os sabonetes neutros ou aqueles para pele sensível. Quando possível, compre produtos que não contenham perfume, pois causam menos problema para a pele. Quando houver necessidade, o médico poderá prescrever um creme a base de corticoide para solucionar o problema.

DERMATITE POR ALERGIAS
As dermatites de contato alérgicas são  (+ info)

Sofro com um cheiro desagradavel do suor das minha partes íntimas o que fazer?


Já vi que várias mulheres abriram tópico para falar do cheiro da vagina, no meu caso analisei, fiz exames e descobri que o cheiro não é da vagina, mas do suor... então o suor emite um cheio como de cebola, ou axila.. o que devo fazer???
O detalhe que eu queria acrescentar é que muitos levam na brincadeira, mas tomo vários banhos ao dia, já usei saboneste intimos como aquele demacitd, tudo!
Fiz exame e nada! Suspendi o anticoncepcional pq ele podia tá mexando nos hormônios e nada!
----------

Hoje em dia já existem muitos paliativos para o seu problema...Além de sabonetes íntimos que são apropriados para essa região,também existem lenços voltados para essa finalidade que podemos usar no lugar do papel higiênico.Nunca usei desodorantes íntimos ou talcos mais você pode tentar... e se possível sempre use calcinhas de algodão e troque-as com maior frequência.Já que realmente você descartou a possibilidade de uma infecção.Abraços.  (+ info)

Qual médico devo procurar para tratamento de suor excessivo?


De uns meses pra cá, mesmo em dias frios, meu namorado fica suando toda noite. Gostaria de saber qual médico ele pode procurar para saber se isso não é um problema grave.
Desde já obrigada
----------

Deve ir a Endocrinologista pois o suor é produzido por glândulas sudorípadas e tmbm pode ser desarranjo hormonal. Não é só mulher a ter esses problemas. Não é problema d pele para ir a dermatologista.
Mlhoras e trate disso rápido.  (+ info)

Existe algum estudo que comprove a melhora de suor excessivo na ingestão de vitamina D?


Minha médica me passou isso e garantiu que todo médico sabe disso, inclusive crianças tomam bem no início da vida para melhorar a transpiração. Isso procede?
----------

Pelo q eu saiba, a principal função da vitamina D no nosso organismo é ajudar a fixar o cálcio nos ossos. O q isso tem a ver com transpiração excessiva???  (+ info)

Com o tratamento feito sobre a candida ela será possivel aparecer novamente,corro o riscod e pegar outra doenç


DESCOBRIR QUE ESTOU COM CANDIDA E MINHA GINECO ME PASSOU REMEDIOS E PARA O MEU NAMORADO TBM...CONFORME ACABA O PERIODO DO TRATAMENTO , CORREMOS RISCOS DE PEGAR NOVAMENTE CANDIDA? OU COM O TRATAMENTO A CANDIDA É ELIMINADA TOTALMENTE?corremso o risco de atraves da candida pegar outra doença?
----------

Amiga, infecção por candida é algo que de vez em quando temos, assim como dor de cabeça ou dor de garganta. O fungo vive normalmente em nossa pele e mucosas, sempre sendo controlado pelas bactérias de nossa flora normal e pelo nosso sistema imunológico, por isso basta qualquer alteração da flora ou do sistema imunológico para que ele se prolifere e provoque a infecção. Alguns fatores predispõe a isso, como estresse, uso de duchas vaginais, roupas muito apertadas ou de tecidos sintéticos, etc. Através da Candida não se pega nenhuma outra doença. Faça o tratamento juntamente com seu namorado, mas fique consciente que vez por outra terá que se tratar novamente. Boa sorte.  (+ info)

cirurgia para retirada de glândulas que produzem o suor?


Eu transpiro muito, nossa! É uma coisa de doido, e nem precisa muito esforço. Até simplesmente andando a minha roupa fica toda molhada e isso me incomoda muito, e é no corpo todo.
Já assisti a algumas reportagens de pessoas que tinham esse mesmo problema e fizeram uma cirurgia no tórax para a retirada do excesso das glândulas que produzem o suor, porém essa cirurgia só pode ser feita por quem entende, um cirurgião torácico. Alguém conhece algum para eu entrar em contato aqui em Recife? De repente se o preço for em conta acho que seria capaz de me submeter a essa cirurgia. Alguém pode me ajudar?
----------

HIPERIDROSE



Conceito, Incidência, Quadro Clínico

O suor é necessário para o controle da temperatura corpórea, especialmente durante o exercício ou sob temperaturas mais elevadas do ambiente. A sudorese é regulada pelo sistema nervoso autônomo simpático. A hiperatividade das glândulas sudoríparas levam à perspiração excessiva. Esta condição é conhecida como hiperidrose.

A hiperidrose é situação relativamente freqüente, com incidência relatada entre 0,6 a 1 % da população. Não se tratando de doença grave, quanto a risco de vida, trata-se de situação extremamente desconfortável, que causa profundo embaraço social e transtornos de relacionamento e psicológicos no portador, que freqüentemente se isola socialmente e adquire hábitos procurando esconder o seu problema. Curiosamente, por diversos fatores, uma parcela ínfima dos pacientes tem seu problema resolvido e tratado de forma eficaz e duradoura.

A hiperidrose pode ser primária ou secundária a uma doença de base como hipertiroidismo, distúrbios psiquiátricos, menopausa ou obesidade. No presente trabalho focalizamos a abordagem terapêutica da hiperidrose primária.

O início dos sintomas pode ocorrer na infância, na adolescência ou somente na idade adulta, por razões desconhecidas. Eventualmente podemos encontrar história familiar.

Os pacientes referem sudorese constante, as vezes inesperada, mas a maioria deles relata fatores agravantes. Os fatores desencadeantes da sudorese excessiva são o aumento da temperatura ambiente, o exercício, a febre, a ansiedade e a ingestão de comidas condimentadas. Geralmente há melhora dos sintomas durante o sono. O suor pode ser quente ou frio, mas a sudorese é constante. Pode afetar todo o corpo ou ser confinada à região palmar, plantar, axilar, inframamaria, inguinal ou cranio-facial.

A sudorese excessiva e constante é uma condição constrangedora, desagradável, que dificulta as atividades do dia-a-dia e interfere no trabalho, no lazer e nas atividades sociais. Atividades diárias como escrever, apertar a mão de outra pessoa, segurar papéis, e outras atitudes simples podem ser adversamente afetada pela hiperidrose. Quando o quadro de hiperidrose é grave, ocorre gotejamento espontâneo na região afetada. Nos casos mais graves, a pele pode ficar macerada ou mesmo fissurada. Quando a sudorese é mais intensa na região axilar, outros sintomas desagradáveis são relatados. O exsudato pode causar odor fétido (bromidrose). O odor fétido é causado pela decomposição do suor e debris celulares de bactérias e fungos. Assim, pode contribuir para o aparecimento e manutenção de outras doenças de pele como infecções piogênicas, fúngicas, dermatite de contato, etc.



Opções de tratamento clínico

Classicamente, a hiperidrose foi tratada de diversas formas, dependendo da intensidade dos sintomas. As opções de tratamento clínico incluem:

Uso de antiperspirantes e adstringentes (cloreto de alumínio em álcool etílico, solução de glutaraldeído 2%, etc.). Estes produtos devem ser aplicados sobre a pele seca, após banho frio, imediatamente antes de deitar-se. Apresentam o inconveniente de causar dermatite de contato ou deixar a pele com coloração amarelada.

Uso de talco ou amido de milho natural (para os casos mais leves): deve ser aplicado entre os dedos, sob as mamas ou em pregas da pele.

Banho com sabonete desodorante: seu uso prolongado pode levar à dermatite.

Não calçar o mesmo par de sapatos por dois dias seguidos; utilizar palmilhas absorventes, que devem ser substituídas freqüentemente.

Tratamento medicamentoso sistêmico, com drogas antidepressivas, ansiolíticas e anticolinérgicas: estas drogas proporcionam apenas alivio parcial e apresentam efeitos colaterais importantes e indesejáveis, como alteração da visão, boca seca, problemas urinários, sedação, etc.

Iontoforese, "biofeedback" e psicoterapia.

Injeções locais de toxina botulínica ("Botox") ? duração de 4-6 meses e com uso limitado a áreas de pequena extensão, o que é raro.

Como podemos notar, as opções de tratamento clínico são pouco satisfatórias, as vezes desconfortáveis e necessitam ser utilizadas por um período indeterminado.

Recentemente, a introdução da Simpatectomia Torácica por Videotoracoscopia revolucionou o tratamento da hiperidrose. Em pouco tempo, esse procedimento assumiu a posição de tratamento seguro, definitivo e pouco invasivo no tratamento dessa condição.



Simpatectomia Torácica Videotoracoscópica



Histórico

Há muitos anos sabe-se que a simpatectomia cervico-torácica poderia eliminar os sintomas da hiperidrose palmar. A presença de complicações sérias após a operação convencional ? principalmente a Síndrome de Horner causada pela lesão do gânglio estrelado ( ptose palpebral, enoftalmia, miose) ? fez com que esse procedimento fosse pouco utilizado no tratamento da hiperidrose. A simpatectomia torácica convencional foi pouco utilizado pois envolvia a realização de uma toracotomia tradicional, pos  (+ info)

Drenagem linfática pode ajudar pessoas que tem suor excessivo?


A drenagem linfática que eu saiba é para eliminar o excesso de líquido retido no organismo, será que ajuda então pra quem sofre com suor em excesso? ( ou também hiperidrose secundária)?
----------

Não ajuda em nada na hiperhidrose porque ela é decorrente de um distúrbio das gandulas sudoríparas.
Hiperhidrose Secundária está associada a uma causa=> à obesidade, menopausa, uso de drogas antidepressivas, alterações endócrinas e alterações neurológicas com disfunção do sistema nervoso .

Tratamentos
Clínico: uso do botox (Toxina Botulínica). Porém, o resultado não dura muito tempo. A aplicação é feita por um dermatologista.
Cirúrgico: Simpatectomia toráxica, com auxílio de vídeo.
- São feitos dois cortes de aproximadamente 1cm em cada lado do tórax.
- O médico introduz uma minicâmera de vídeo e um bisturi ultrassônico.
- A cadeia do sistema nervoso simpático, que controla a glândula do suor, é cortada. Isso regula o mecanismo da transpiração.
- A cirurgia é feita com anestesia geral.
- O pós-operatório dura um dia de internação. A dor é tolerável.
Os planos de saúde cobrem os custos da cirurgia. Os hospitais públicos fazem a operação.
A vantagem da a Toxina Botulínica ( BOTOX) , é que não apresenta quase nenhum risco, e não é cirurgia, a desvantagem é que não é definitivo. Por isso existem as duas técnicas, exatamente porque são diferentes.

Espero ter esclarecido alguma coisa.

bj  (+ info)

Fui perdendo suor ao longo de um ano e agora não transpiro mais como reverter este quadro?


como provocar suor?
----------

Carlos, ninguém deixa de suar pelo
fato de já ter suado ao longo do tempo.
Suar mantém equilibrada a temperatura do corpo.  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem ou imagem sobre "doença do suor" (ou acessa o fórum):