FAQ - Necrose
(Powered by Yahoo! Answers)

Por quanto tempo dói a região onde foi aplicada uma injeção de diclofenaco?


Há mais de uma semana eu tomei essa injeção no bumbum e ainda estou sentindo dor no local sempre que aperto ou quando faço algum movimento mais forte(alongar, por exemplo). Li algo sobre necrose tecidual e até sobre agulha quebrada que pode ter ficado no corpo.
Por favor me ajudem. Obrigada!
----------

Raquel

Antes de mais nada, é importante saber se o local onde foi realizada a injeção está vermelho, quente, endurecido, ou outra característica, que indique uma reação importante.

Se for, somente dor, coloque uma compressa quente, por quatro vezes ao dia, deixando-a por 20 minutos, sempre protegendo o local com uma fronha ou toalha.

Fique de olho e se aparecer um sinal diferente do furinho da picada, procure um serviço médico.

Boa sorte.  (+ info)

Isquemia e Necrose nos Pés?


Ola pessoal. Sou novo e me inscrevi para pedir ajuda para um familiar meu.Teve infarto e após teve isquemia ou trombose nos vasos capilares dos dedos dos pés onde o sangue não consegue circular e provoca necrose e gangrena. Já teve que amputar tres dedos por causa disso. Não consegue dormir devido a dor intensa. As feridas e a necrose dos dedos tende a continuar apesar de ter passado por mais de dez medicos de varias especialidades incluindo cardio ,angiologistas, clinicos, neuro, ciriurgiões, etc. mas nenhum teve competencia para curar o caso até agora. Está tomando Marcourmar para regular as plaquetas que estão em niveis meio altas ha mais de 2 anos, ginko biloba para circulação entre outros para reforçar as paredes dos capilares.Toma até remedio para arteriosclerose. As feridas não cicatrizam e os exames estão todos normais não tem diabetes nem outro problema , não tem colesterol alto apenas plaquetas meio elevadas. Por favor me deem uma luz porque estamos com as mãos atadas e quase sem esperanças. Muito obrigado.
----------

Siga o atalho abaixo até o capítulo do "Manual Merck de Saúde para a Família" referente ao assunto, é muito informativo.  (+ info)

necrose asséptica ....................................?


quem tem necrose asséptica pode praticar esportes como futebol
----------

A epifisiólise (necrose asséptica) é conhecida também como Enfermidade de Perthes ou Doença de Legg-Calve-Perthes. A doença ataca a cabeça do fêmur provocando sua necrose ou infarto da cabeça femoral. É uma afecção patológica do quadril imaturo causada por necrose da epífise óssea da cabeça femoral.

Causas
A causa da necrose total ou parcial da epífise óssea da cabeça femoral imatura permanece desconhecida, as causas possíveis propostas incluem:

Desequilíbrio endócrino;
Trauma;
Inflamação;
Nutrição inadequada;
Fatores genéticos.
Apesar de ter causa desconhecida, a teoria mais popular é a deficiência da irrigação arterial da epífise, com múltiplos episódios de infarto.

Outras causas possíveis da Epifisiólise são:

Estresse (Stress);
Alta ingestão de aminonitritos
Após radioterapia
Osteodistrofia renal
Hipotiroidismo
Hipopituitarismo
Mielomeningocele
[editar] Incidência
É mais comum no sexo masculino e manifesta-se durante a adolescência. Apresenta-se entre os 6 e os 18 anos. A epifisiólise é rara em crianças menores de 9 anos; mais frequente em meninos e maior na puberdade.

Doença de Legg-Calve-Perthes
Causa morte da cabeça femoral, onde a circulação da cabeça do fémur, os vasos nutridores e periósteo do corpo femoral estendem-se até a altura da região trocantérica e a parte inferior do colo, mas não contribuem para a irrigação da cabeça do osso.

A cabeça femoral tem a sua irrigação de duas fontes: os vasos capsulares e os vasos do ligamento redondo.

Os vasos da cápsula penetram no osso através de orifícios situados ao nível da inserção capsular, complementando o seu curso no interior do osso, ou percorrem a superfície do colo no ligamento que se reflecte, da face profunda da cápsula e finalmente penetram no osso, na região sub-capsular estes vasos suprem a parte superior do colo do fémur e grande parte da cabeça femoral.

Os vasos do ligamento redondo são bem definidos nas crianças e, habitualmente permanecem nítidas, durante a idade adulta eles nutrem uma área óssea e cartilagínea, podendo ser rompidos por ocasião de uma uma luxação traumática do quadril ou ainda podem ser usados por movimentos de rotação forçada ou manipulação da articulação as quais distendem o ligamento redondo sobre a borda do acetábulo. A cabeça do fémur é irrigada por vasos que provem da cápsula. Se estes forem lesados por uma luxação traumática, por uma fratura alta do colo, ou por um deslocamento epifisário sobreviverá a necrose.

Nas crianças esta complicação pode ser reconhecida nas primeiras semanas, pela densidade relativa da epífise femoral superior, a qual não sofre descalcificação por desuso. As alterações subsequentes são as que observam de um modo característico na Doença de Perthes. A proporção que se instala a revascularização e aparecem ilhotas de descalcificação a epífise adquire uma aparência de fragmentação. Só se permite a marcha, osso muito frágil despedaça-se a cabeça do fémur.

Epifisiólise femoral proximal
Classificação clínica
Epifisiólise aguda - A criança apresenta-se com quadro radiológico positivo. A instalação é súbita, geralmente associada a episódio de queda ou trauma e há dor importante no quadril, cuja sintomatologia tem menos de três semanas de duração.
Epifisiólise crônica - A criança apresenta-se com quadro radiológico positivo, inclusive já exibindo certo grau de remodelação do colo femoral. Os sintomas têm mais de três semanas de duração, são moderados e usualmente associados a claudicação.
'Epifisiólise crônica agudizada - A criança apresenta-se com quadro radiológico positivo, inclusive mostrando mudanças no colo femoral que sugerem cronicidade. Os sintomas de dor moderada e claudicação têm duração maior que três semanas, contudo há um episódio agudo (trauma) de duração inferior que agrava sensivelmente os sintomas.
Pré-epifisiólise - Radiologicamente há mudanças na fise e na metáfise (alargamento da fise, osteoporose, cistos metafisários, etc) contudo não há escorregamento epifisário. Os sintomas podem variar de discreta fraqueza no quadril e coxa, até dor. Deve-se procurar esta categoria especialmente em crianças com escorregamento contralateral ou sindrômicas.
Epifisiólise traumática - É ocasionada por trauma de alta energia, não precedido de sintomas e cuja radiologia não evidencia sinais de cronicidade. Trata-se da fratura tipo I de Salter-Harris (deve ser desconsiderada no estudo da epifisiólise verdadeira).
[editar] Tratamento
No tratamento o objetivo é manter a cabeça femoral esférica e dentro do acetábulo até o término da fase de cicatrização, preservando os movimentos.

O tratamento essencial deve proteger a cabeça necrosada contra a compressão até que a revascularização e a regeneração sejam completas. O apoio precoce do peso é o pior tratamento, por que fratura o osso. O sub-condral rompe a superfície articular. Um aparelho em espica não apresenta valor particular e permite que o doente ande com ele, deixará de ter qualquer valor, me  (+ info)

Tenho necrose na cabeça do fêmur, e você?


Tenho necrose na cabeça do fêmur, e você?
----------

Olá Ana...

Eu lamento isso... sinceramente... e é provavel que já esteja sob medicação...

Desejo as suas melhoras...

Um grande abraço

...  (+ info)

Neoplasia cística com necrose por torção de meso. Cisto com 20 x 15 x 11cm.?


Este diagnóstico define malignidade, já que não houve exame histológico devido a necrose da peça? Devo me submeter a uma quimioterapia? Vc o faria?
Na cirurgia da retirada do cisto fui histerectomizada total. Tenho 47 anos.
Já fiz revisão de lâmina, US Tranv,, vias urin., preventivo, LDH, Beta HCG, CA125 e todos com resultados normais. O cirurgião me encaminhou ao Onco que sugeriu uma quimio adjuvante (3 séries). Conversei com outros médicos, inclusive com os dois patologistas e todos diserram que não fariam a quinio se fosse com alguém da família deles. Mas ainda estou na dúvida quanto ao que seria correto.
O que acham que devo fazer?
----------

A quimioterapia tem seus riscos sim, mas vale a pena em uma relação risco benefício, se não fizer nunca saberá os resultados, aliás sabe que o tumor pode se metastatizar ou seja ir dali para outros lugares, essa questão adjuvante quer dizer que ela por si não trata a doença , mas ajuda...
Trabalho aqui no hospital do cancer de minha cidade e quando era leigo sempre dizia: nunca faria quimio, hoje já digo: se for a opção com certeza....
Não tenha medo, mehor tentar e supostamente ter controle da doença e qualidade de vida , do que esperar que tudo aconteça por si....
Tente , lute, sobreviva sempre...
A luta contra o câncer é ardua é para corajosos,....
vc pode ser maior que a doença, pense sempre isso....  (+ info)

O que é necrose óssea?


O que pode provoca a Necrose Óssea?
----------

"necro" significa morto e "ose" doença crônica
necrose é o apodrescimento de qualquer parte do corpo
necrose óssea é quando ocorre morte de um osso ou parte dele
ocorre quando há deficit ou interrupção da circulação sanguinea para aquela área, pode ser por um trauma intenso (pancada), por fratura, existencia de tumores que apertam o osso ou tumores que destroem o tecido ósseo. Um foco de infecção não tratado adequadamente pode provocar a destruição do osso. há casos de tuberculose óssea com formação de verdadeiros "buracos"

abraços  (+ info)

o que vem a ser necrose?qual o tratamento?


minha mãe esta com uma necrose no dedo
----------

Necrose é tecido morto. Tem que remover essa pele morta para que não vire uma infecção. Procure um médico.


No campo da medicina, necrose é o estado de morte de um tecido ou parte dele em um organismo vivo. Pode ter causas fisiológicas, ou pode ser causado por graves traumatismos, ou por agentes biológicos, como a ação de fungos, bactérias e vírus.

Tipos de necrose
Coagulação ou Isquêmica: Causada por isquemia local. Há perda da nitidez dos elementos nucleares e manutenção do contorno celular devido a permanência de proteínas coaguladoras no citoplasma, sem haver rompimento da membrana celular.
Liquefação: O tecido necrosado fica limitado a uma região, geralmente cavitária, havendo a presença de grande quantidade de neutrófilos e outras células inflamatórias (piogênicas).
Caseosa: É um tipo de necrose de coagulação. Tecido esbranquiçado, granuloso, amolecido, com aspecto de queijo friável. O tecido exibe uma massa amorfa composta predominantemente por proteínas (caseína - desnaturação protéica). Na sífilis por ter consistência de borracha, é também denominada Necrose Gomosa.
Fibrinóide: O tecido necrótico adquire um aspecto hialino (róseo e vítrio), acidofílico, semelhante a firina.
Gangrenosa: É um tipo de necrose de coagulação ou pode ser um tipo de necrose de liquefação. Provocada por isquemia ou por ação de microorganismos, pode ser úmida ou seca, dependendo da quantidade de água presente.
Enzimática: Ocorre quando há liberação de enzimas nos tecidos, a forma mais observada é a do tipo Gordurosa: Os ácidos graxos se combinam com o cálcio para produzir áreas brancas visíveis.
Hemorrágica: Quando há presença de hemorragia no tecido necrosado, essa hemorragia pode complicar a eliminação deste pelo organismo.

Espero ter ajudado. Melhoras para a sua mãe!  (+ info)

Em que países eu posso tratar a necrose avascular?


Eu tenho 21 anos e a 6 anos atras eu tive um acidente que deu origem a necrose avascular, e eu quero que voces me indiquem em que paises, eu posso fazer o tratamento ou mesmo a cirugia.
abraços.
----------

Creio que no Brasil como em outros paises tem tratamento para necrose avascular, mas creio que nos EUA voce possa encontrar bons tratamentos devido a grande quantodade de casos que eles tem.  (+ info)

Quem tem prótese de cabeça de femur pode fazer musculação?


Tem a academia Curves, os aparelhos são hidraulicos,será que prejudica ou ajuda? E no outro femur ainda não operei, mas tbém tem a necrose de cabeça de femur, será que ajuda a protelar a cirurgia?
----------

Pode fazer desde que tenha um acompanhamento adequado.
Femur operado> evitar movimento de adução e rotação interna da coxa
Fêmur não operado> Deverá ser avaliado pelo seu instrutor.

Na dúvida entre em contato pelo msn trentin_4@hotmail.com  (+ info)

como tratar necrose ossea?


O tratamento da osteonecrose (necrose ossea) é a remoção da lesão com substituição por protese, e controle dos fatores desencadeantes, uso de corticosteróide e possível anemia falciforme.  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem sobre 'Necrose'


Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.