http://lookfordiagnosis.com
English
Spanish
Italian
Portuguese
French
Swedish

FAQ - Lupus Eritematoso Sistêmico
(Powered by Yahoo! Answers)

Sou aposentada por inválidez por ter lúpus eritematoso sistêmico...?


Mas no momento não ando tendo crises e a doença está estabilizada sem atividade. Gostaria de revogar minha aposentadoria e voltar a trabalhar.Pois o que recebo não está dando p/ me manter e criar meu filho. Mas caso eu consiga e amanhã a doença volte entrar em atividade e ter complicações; consigo minha aposentadoria de volta? Afinal o lúpus é uma doença auto - imune e ñ tem cura! Obrigada quem puder me ajudar...
----------

Uma coisa é vc ser aposentada por doença e outra coisas é vc estar de licença por motivo de doença. Aposentadoria, não pode ser invalidada, mas licença por ter tempo pré-definido, pode expirar e depois se a doença voltar, vc pode novamente pedir a licença.

Mas se seu caso for aposentadoria, vc pode trabalhar mesmo estando aposentada. Muitas pessoas fazem isso. Idosos mesmo para complementar sua renda, fazem bicos, trabalham com serviços de Banco, então acho que vc pode voltar a trabalhar sem problema, só se certifique de que não vá piorar de novo.  (+ info)

Quais são as alterações morfológicas da Tularemia e Lupus Eritematoso?


são muito grandes as diferenças que eu nem sei. mas vc pode ver em qualquer livro de geografia.  (+ info)

Sou portatora de LES (Lupus eritematoso sistemico) Tive problemas com pivô dentario e proteses (me dão alergia


O que posso fazer para restaurar alguns dentes que me fazem falta. Posso tentar o implante dentário com titânio?
----------

Olá

Existe uma enorme gama de materiais odontológicos no mercado atualmente... O titânio (material que é utilizado no implante) não é o mesmo material que é utilizado para fazer os "pivôs" (para estes são utilizadas outras ligas metálicas...). Converse com o seu dentista sobre a possibilidade de fazer o implante, ok? Só ele poderá ter dar uma idéia segura sobre o assunto.

[]s e Boa sorte!!  (+ info)

LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO?


a pessoa que tenhe lúpus erimatoso sistêmico,tenhe direito a carterinha de ônibus.
----------

CREIO QUE NÃO.  (+ info)

Lupus eritematoso sitemico + nefrite lupica?


Olá

Tenho lupus eritematoso sitemico + nefrite lupica. Fiz novos exames essa semana e pelo q vi nos resultados nao sao nada bom, pelo q se refe ao ruim, pois to perdendo hemacias na urina e proteinas e os c3 e c4 estao um desastre. Vou no medico essa semana,mas gostaria de saber se alguem conhece alguma coisa q possa ajudar, como por exemplo alimentação.

Obrigada!
----------

Cintia
Eu acabei de ler uma matéria sobre a linhaça e um dos benefícios segundo os estudo feito no Canadá,o uso freqüente ameniza os efeito também no lupos busque no google lInhaça e vc mesmo vai poder conferir
Bj e boa sorte  (+ info)

A lúpus eritematoso sistêmico tem cura?


Eu tenho uma tia em casa que tem essa doença,gostaria de saber dos médicos se ela tem cura ou se ela pode ser contagiosa?!!!!
----------

Na maioria das vezes a doença é considerada como crônica, "incurável", porém tratável. No entanto essa é uma pergunta muito difícil, saber se uma pessoa tem uma doença supostamente auto imune, até em função dos exames laboratoriais não serem totalmente conclusivos, mesmo os mais específicos como o Fãn, Células LÊ, Anticorpo anti-DNA, Anticorpo anti-SM, Dosagem de complemento. Muitos pacientes passam anos sem saber ao certo o que tem, o importante é tratar a doença o mais rápido possível e pedir a opinião de diferentes médicos de diferentes escolas, pois existe uma tendência de se tratar da mesma maneira nas mesmas faculdades, diminuindo as opções que o paciente teria o direito de conhecer.

Estes tratamentos são individualizados, os médicos utilizam complexos vitamínicos, alimentos funcionais, amino ácidos, chás e dietas alimentares, com base em eliminação de alimentos que aumentam a atividade da doença, fazendo uso de remédios farmacêuticos somente em caso de febres e crises.  (+ info)

Quais são os mecanismos imunológicos do lúpus eritematoso sistêmico?


Eu tenho, diagnósticaram há cerca de dois anos, faço o tratamento, e atualmente meu quadro é estável, desenvolvi um monte de sintomas e quase morri, atualmente não tenho nenhum sintoma presente, se vc precisar compartilhar informações pode me mandar e-mail que eu respondo, anota aí (silvinadiaso@yahoo.com.br) quando toquei nesse assunto outras vezes não tive muito sucesso, conta comigo no que precisar...  (+ info)

o que a medicina têm feito em benefício aos pacientes com LÚPUS ERITEMATOSO SISTÊMICO?


O lupus é uma doença complexa que demanda o uso de medicamentos que podem provocar sérios efeitos colaterais quando usados inadequadamente. Um dos problemas é a interação entre medicamentos, além do uso de ervas naturais. Não esqueça de informar ao seu médico sobre o uso de qualquer remédio, mesmo os eventuais e naturais. Certas substâncias podem potencializar ou inativar a ação de outro remédio.
**Não há um remédio para o Lupus que funcione da mesma forma como um antibiótico funciona para acabar com uma infecção.
TRATAMENTO
Sol
Os pacientes com fotossensibilidade ou manchas, devem evitar a exposição ao sol, fazendo sempre o uso de filtros solares.

Dieta
Sabe-se que, quando os pacientes usam corticosteróides, a retenção de água no organismo acontece provocando inchaços, devendo-se então diminuir o sal na dieta normal. Quando o peso está acima do normal, deve-se reduzir calorias.
Há estudos sobre a eficácia de óleo de peixe na redução de inflamação. Além disso, cientistas suspeitam que o aminoácido l-canavanina presente na alfafa, provoca sintomas de Lupus, o que foi comprovado em pesquisas com macacos. Deve-se então evitá-la.

Drogas, Álcool e Fumo
Sulfas, anticoncepcionais orais e penicilinas podem disparar a doença e devem ser evitados. O álcool e o fumo são prejudiciais a qualquer pessoa, mas no caso de LES deve-se principalmente evitar a interação do álcool com sedativos e antialérgicos, e do fumo no caso de acometimento pulmonar.

Exercícios e Repouso
As articulações tem estruturas que devem ser bem cuidadas. Quando inflamadas precisam de períodos de repouso intercalados com os de atividade, evitando-se lesões. Também deve-se dar atenção à postura e posições de trabalho e lazer. Por isso, exercícios regulares podem ajudar a prevenir fraqueza muscular e fadiga.

Medicamentos
Não existem programas de tratamento iguais para todos os pacientes. Considera-se o grau de evolução da doença bem como as queixas de cada paciente. Muitas vezes são utilizados vários remédios ao mesmo tempo para controlar os sintomas.

Corticosteróides - são hormônios sintéticos, cópia do hormônio cortisona produzido pela glândula supra-renal, extremamente potentes contra a inflamação. Mas apresentam efeitos colaterais em dosagens altas como ganho de peso, "inchaço", espinhas, pressão alta, catarata, devendo então ser usados com precaução e unicamente através de indicação médica. Os mais comuns são: prednisona, prednisolona, hidrocortisona, entre outros.

Antiinflamatórios não-esteróides - alguns sintomas como fadiga, febre e artrite podem ser tratados eficientemente com não-esteróides. Não apresentam os efeitos colaterais dos esteróides, mas registra-se a intolerância do estômago. O mais antigo é a aspirina.

Antimaláricos - são muito úteis para o controle da artrite e problemas de pele, usados também contra a malária. O maior problema com o seu uso se refere à visão, devendo-se estar atento à acuidade visual, o que sugere exames de controle junto ao oftalmologista. Os antimaláricos usados são cloroquina e hidroxicloroquina.

Imunossupressores - são usados para diminuir a ação do sistema imune, existindo controvérsias sobre o seu uso em função de grandes efeitos colaterais. É preciso avaliar muito seriamente os benefícios e riscos associados a este tratamento.

Achei esses tratamentos num site super legal,vale lembrar que lupus não tem cura ,é uma doença séria e precisa ser tratada,vou deixar o endereço pois vai ajudar a ser aprofundar no assunto.  (+ info)

O que é Lupus Sistêmico?


Se alguém tem lupus sistêmico, o que fazer, que tratamento tomar, que perspectva de vida se tem quando ela já atacou vorazmente os principais órgãos de seu corpo?
----------

O QUE É:
Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma doença inflamatória de causa desconhecida.
Para que se desencadeie a doença, agentes externos desconhecidos (vírus, bactérias, agentes químicos, radiação ultravioleta) entram em contato com o sistema imune de um indivíduo que está com vários genes erradamente induzindo produção inadequada de anticorpos. Estes anticorpos são dirigidos contra constituintes normais (auto-anticorpos) provocando lesões nos tecidos e também alterações nas células sangüíneas.

TRATAMENTO:
Mesmo havendo protocolos internacionais para o tratamento de doenças complexas como o LES, cada paciente tem a sua história.
Sabemos qual o melhor medicamento para cerebrite, nefrite, dermatite, mas os resultados são individuais. O tratamento do lúpus não é um esquema pronto para ser executado e as características de cada caso ditarão o que se deve fazer, tornando-o artesanal.
Os medicamentos utilizados podem provocar efeitos colaterais importantes e devem ser manejados por profissionais experientes.
Por isso, o ideal é procurar um médico... se é que vc não já fez isso...

QUANTO A PERSPECTIVA DE VIDA:
O lupus é uma doença muito grave e ainda não tem cura definitiva... porém a maioria das pessoas portadoras podem ter vida normal e trabalhar, e a expectativa de vida é muitas vezes superior à da Aids.
Desde que existam, ao seu redor, pelo menos três fatores: um criterioso cuidado médico, atenção e carinho.
E claro, vontade de viver.
Não deixe de procurar ajuda médica e especializada se a sua vontade é fazer parte desta estatística que eu citei.  (+ info)

Lupus Sistêmico. Como posso fazer o diagnóstico?


Um paciente com sinais,exame de urina,FAN com padrão nuclear pontilhado grosso e título 1:5120,e VHS alterado pode ser uma suspeita satisfatória para doença auto-imune como LES?
----------

Se os "sinais" forem manchas em '"asa de borboleta" na face e lesões vermelhas ou brancas crônicas na pele e se o exame de urina mostra cilindrúria ou proteinúria , há forte possibilidade de ser LES.
O FAN bem alto assim e VHS elevado sugere doença autoimune sim,
Não sei se você é da área , mas lembre-se que o tratamento e o prognóstico do LES varia muito, mas muito mesmo, de pessoa para pessoa. Só o Reumatologista pode esclarecer esses pontos.  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem ou imagem sobre "Lupus Eritematoso Sistêmico" (ou acessa o fórum):