FAQ - Hepatite B
(Powered by Yahoo! Answers)

Hepatite B...?


Tenho um colega que tem hepatite B, ninguém chega perto dele e quando vem oferecer um chimarrão todos correm...eu já tomei o chimarrão, também vou pegar hepatite?
----------

A hepatite B é uma infecção nas células do fígado causada pelo vírus da hepatite B. Ela é transmitida através do contato com sangue ou fluidos corporais de alguém infectado. A transmissão pode ocorrer via transfusões de sangue, agulhas contaminadas, instrumentos cirúrgicos e odontológicos, relação sexual ou após o parto. Só é possível contrair este vírus pelo contato com o sangue. Portanto, ele não é transmitido pelo beijo, abraço, tosse, espirros, copos, talheres e pratos. Este vírus é menos facilmente transmitido do que o da hepatite A.

Saúde prá você e parabéns, por não agir tão preconceituosamente. rsrsrs....  (+ info)

hepatite B?


meu namorado fez um exame de sangue emograma completo e deu que ele tem hepatite B mais esta imune.. será que tem alguma chance de essa doença reagir???? e eu posso acabar pegando tbm?????
----------

HEPATITE B

O que é?

É uma inflamação do fígado causada pelo vírus da Hepatite B (HBV).

Como se adquire?

Transfusões de sangue foram a principal via de transmissão da doença, circunstância que se tornou rara com a obrigatória testagem laboratorial dos doadores. Atualmente, o uso compartilhado de seringas, agulhas e outros instrumentos entre usuários de drogas, assim como relações sexuais sem preservativo (camisinha) são as formas mais preocupantes de contaminação na população.

O contato acidental de sangue ou secreções corporais contaminadas pelo vírus, com mucosa ou pele com lesões também transmitem a doença.

Gestantes (grávidas) contaminadas podem transmitir a doença para os bebês, sendo o parto normal ou por cesariana o principal momento de risco, o que pode ser minimizado pelo médico através de tratamento adequado.

O que se sente e como se desenvolve?

Os sintomas são semelhantes aos das hepatites em geral, se iniciando com:
mal-estar generalizado


dores de cabeça e no corpo


cansaço fácil


falta de apetite


febre.



Após, surgem tipicamente
coloração amarelada das mucosas e da pele (icterícia)


coceira no corpo


urina escura (cor de chá escuro ou coca-cola)


fezes claras (cor de massa de vidraceiro).



Ao final de 10 a 15 dias os sintomas gerais diminuem muito, mesmo na vigência da icterícia, que tende a desaparecer em 6 a 8 semanas em média, sugerindo a resolução da doença em mais de 95% das pessoas.

A forma clínica, chamada de fulminante com mortalidade de até 60%, ocorre em menos de 1% dos pacientes que adquirem o vírus. Após a fase aguda, que pode passar desapercebida, 1 a 5% dos adultos não se curam da infecção e ficam com hepatite crônica. Desses, 25 a 40% podem desenvolver cirrose e câncer de fígado ao longo de décadas. Em crianças o risco da doença tornar-se crônica é bem maior, cerca de 90% em recém nascidos e 50% da infância.

O risco de doença crônica com má evolução é maior em quem usa bebida alcoólica, em bebês que adquirem a doença no parto e em pessoas com baixa imunidade (pacientes com AIDS ou pacientes em quimioterapia ou radioterapia, por exemplo).

Como o médico faz o diagnóstico?

Os sintomas não permitem identificar a causa da hepatite. Hepatites em adultos, especialmente se usuários de drogas injetáveis, homossexuais ou pessoas com muitos parceiros sexuais levantam a suspeita de hepatite B.

A confirmação diagnóstica é feita por exames de sangue, onde são detectados anticorpos ou partículas do vírus da hepatite B.

A biópsia hepática (retirada de pequeno fragmento do fígado com uma agulha para análise microscópica) pode ser necessária para avaliar o grau de comprometimento do fígado. Certos casos só são descobertos na fase crônica ou na investigação da causa de cirrose e câncer de fígado de uma pessoa que não sabia ter hepatite.

Como se trata?

A hepatite B aguda não requer tratamento medicamentoso específico. Remédios para náuseas, vômitos e coceira, bem como administração endovenosa de líquidos podem ser usados ocasionalmente.

O repouso no leito não deve ser exigido uma vez que não afeta a evolução para hepatite crônica ou fulminante. A ingestão de álcool em qualquer quantidade é proibida.

O uso de qualquer medicamento deve ser avaliado pelo médico, já que muitos necessitam de um bom funcionamento do fígado para seu desempenho. A forma fulminante da hepatite aguda exige cuidados intensivos em hospital, podendo necessitar de transplante hepático de urgência.

Alguns casos de hepatite crônica necessitam tratamento para evitar a evolução da doença e o risco de desenvolver cirrose e suas complicações. Varias opções de tratamento estão disponíveis para o tratamento, entre elas as mais frequentemente usadas são a Lamivudina e o Interferon (convencional ou peguilado), porém novas opções como o Adefovir, o Tenofovir e o Entecavir já vem sendo usadas na prática clínica com bons resultados.

O tratamento com Interferon para Hepatite B é realizado através de aplicações injetáveis 3 à 7 vezes por semana por tempo limitado (16 à 48 semanas). Já o tratamento com as outras medicações é por via oral (comprimidos), com duração que depende da situação clínica e da resposta ao tratamento. Em certos casos, é indicado o tratamento contínuo que pode durar de um a vários anos.

A decisão sobre iniciar ou não tratamento para hepatite B crônica, e, quando indicado, qual medicação escolher, depende da avaliação criteriosa do especialista, levando em conta o estágio da doença, a atividade da hepatite, a necessidade de outros tratamentos médicos, a presença de outras doenças, a chance de resposta do caso específico, a idade e a motivação do paciente para o tratamento e o uso prévio de outros tratamentos para hepatite B.

Atualmente, a portaria do Ministério da Saúde do Brasil que regulamenta o fornecimento de medicações para Hepatites prevê o fornecimento somente do Interferon e a da Lamivudina para os casos com indicação médica.

Como se previne?

A vacina para hepatite B deve ser feita em todos os recém-nascidos, iniciando o esquema vacinal já no primeiro mês de vida. Adultos não vacinados e que não tiveram a doença também podem fazer a vacina, que está especialmente recomendada a pessoas que cuidam de pacientes, a profissionais da área da saúde, aos portadores do vírus C, alcoolistas e indivíduos com outras doenças hepáticas. Deve-se usar luvas, máscara e óculos de proteção quando houver possibilidade de contato com sangue ou secreções corporais.

Pessoas que tiveram exposição conhecida ao vírus (relação sexual com indivíduo contaminado, acidente com agulha) devem receber uma espécie de soro (gamaglobulina) nos primeiros dias após o contato, o que pode diminuir a chance ou, pelo menos, a intensidade da doença Recém-nascidos de mães com hepatite B devem receber gamaglobulina específica e vacina imediatamente após o parto para diminuir o risco do bebê desenvolver a doença.

ATENÇÃO

Nas relações sexuais, é fundamental uso de preservativo (camisinha). A chance de pegar hepatite B numa relação desprotegida é bem maior do que a de pegar AIDS.

Qualquer forma de relação sexual pode transmitir hepatite B.

Perguntas que você pode fazer ao seu médico

Qual o tipo de hepatite que eu tenho?

Como se pega? Há risco para as pessoas que vivem perto de mim?

Quanto tempo vou levar para ficar bom?

Essa doença tem cura ou vou ficar com hepatite crônica?

O tratamento com remédios é necessário?

O remédio funciona em todos?

Quais os efeitos adversos (colaterais) do tratamento?

Há risco de cirrose? E de câncer?

Existe vacina para hepatite? Adiantaria eu ou as pessoas próximas a mim fazerem agora?  (+ info)

Hepatite b ???


gostaria de saber se têm como da positivo para o exame anti HBSAG e anti HBS ao mesmo tempo ??? e se isso eh comum acontece ???
----------

Anti HBsAg : primeiro marcador que aparece na infecção por hepatite, geralmente desaparece rápido na hepatite aguda. Sua presença por mais de 6 meses é indicativa de hepatite crônica.
Anti HbS: É o anticorpo que dá imunidade ao vírus. Ele aparece após o desaparecimento do HBsAg, é indicador de cura.
Não acho que possam dar positivo juntos, mas se informe com seu médico e se precisar, peça outro exame, pois pode ser erro de laboratório.  (+ info)

Qual o tempo mínimo necessário entre a 2ª e a 3ªdose da vacina para Hepatite B?


Preciso viajar aos EUA, e a vacina contra hepatite B é obrigatória para entrar la. Só tomei a 1ª dose desta vacina, queria saber qual o tempo mínimo que devo esperar entre a 2ª e a 3ª dose, já que tenho pressa para viajar.
----------

De acordo com o Ministério da Saúde vc tem que tomar a 2ª dose 30 dias (1 mês) depois da primeira e a 3ª dose 180 dias (6 meses) depois da primeira dose.

Bjus  (+ info)

Quem já foi vacinado contra hepatite B pode adquirir a doença?


Hepatite B
----------

Se estiver imunizado, não pega a doença. É importante dosar os níveis de anticorpos anti-HBs para ter a certeza se houve a imunização. Infelizmente algumas pessoas, por razões desconhecidas, não são imunizadas depois de receber as três doses, ou seja, não são capazes de produzir anticorpos. Às vezes vale a pena revacinar e em revacinando, elas produzem anticorpos. Mas em vários casos, elas nunca ficam imunizadas.  (+ info)

Se uma pessoa q tem Hepatite b mesmo tomando as 3 doses da vacina podi transmitir o virus?


Minha mae disse que tenho hepatite b mas nunca fui ao médico pra saber como esta, e tenho duvidas para saber se transmito essa doença e meu filho terá hepatite? a doença nunca mais sumira?
----------

como foi que foi dado esse diagnostico?? Se vc realemnte tiver hepatite B cronica, realmente nao ha cura e ha o risco de transmissao para feto durante gravidez. para quem ja eh portador da doença, nao ha indicacao de vacina.  (+ info)

Estou gravida de 5 meses e meus exames constatou hepatite b,quais sao os riscos?


Acho muito estranho pois nao tenho sintomas nenhum da hepatite b,agora que estou gravida constatou nos exames ,a possibilidade do exame ter ocorrido uma alteração,quais sao os riscos o que significa isso,fui encaminhada para um infectologista.
----------

Os vírus das hepatites B, C e D possuem também a via de transmissão vertical (da mãe para o bebê). Geralmente, a transmissão ocorre no momento do parto, sendo a via transplacentária incomum. A transmissão vertical do HBV ocorre em 70% a 90% dos casos de mães com replicação viral (HBeAg positivas); nos casos de mães sem replicação viral (HBeAg negativas) a probabilidade varia entre 30% a 50% – o que não altera a conduta a ser adotada para a criança (vacinação e imunoglobulina nas primeiras doze horas de vida). Na hepatite C, a transmissão vertical é bem menos freqüente, podendo ocorrer em aproximadamente 6% dos casos. Entretanto, se a mãe for co-infectada com o HIV, este percentual sobe para até 17%. A transmissão vertical não tem importância para os vírus A e E.
&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&  (+ info)

a vacina de hepatite B pode dar se a criança tem onzec anos?


GOSTARIA DE SABER SE PODE DAR A VACINA DA HEPATITE B DEPOIS DOS 2 ANOS DE IDADE ,,,COM ONZE ANOS PODE DAR..
----------

Sim, o esquema de vacina para HEPATITE B e feita da seguinte maneira: 1ª dose ao nascer, 2ª dose com dois meses e 3ª dose com seis meses de idade. Se a criança não tem ,ou não consta em carteira de vacina ou ficha de registro as três doses, a vacina pode ser feita até 18 anos, 11 meses e 29 dias. Algumas crianças que não tomaram a vacina ao nascer pois ainda não fazia parte do esquema de vacina na época, ou não completaram as três doses nas campanhas quando a vacina começou a fazer parte do calendário de vacina. É necessário ir ao posto de saúde mais próximo de sua residência para atualizar as vacinas ou começar o esquema das três doses.
Espero ter ajudado. Um abraço, até breve.  (+ info)

Eu fis um exame para saber se tinha hepatite B e o resultado de exame deu o seguinte?


Material: sangue
metodo:imunoensaio enzumatico

resultado......190,2 mUI / ml

Não reagente:até 10,0 mUI/ml
OBs: resultados entre 10,0 a 100,0 mUI/ml devem ser confirmados com um segundo teste apois 30 dias. Habitualmente pacientes imunes apresentam resultados maiores que 100,0 mUI / ml.


Eu tinha tomado a vacina contra hepatite ja esta com um ano e meio

queria saber se eu tenho ou ñ hepatite
----------

Isso significa que vc já teve o contato com o vírus da hepatite atravez da vacina, ou seja, está imunizado! Fique Tranquilo!  (+ info)

Fui doar sangue e o infectologista me informou que tive hepatite B e C, já curadas pelo meu próprio organismo.


É possível a detecção da hepatite C, já curada, também em exames? Que eu sei, só a B pode ser detectada. Por favor, responda só quem tiver certeza.
Já faz uns cinco anos que fiz esse exame.
----------

dá pra detectar as duas
e vc é um cara de sorte então, embora acho mais provavel vc ser portador e nao te manifestado sintomas  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem ou imagem sobre "Hepatite B" (ou acessa o fórum):



Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.

Última atualização: Setembro 2014
Estatísticas