FAQ - Espondilólise
(Powered by Yahoo! Answers)

Alguem já passou ou fez cirurgia por cauda de espondilólise?


Eu tenho espondilólise bilateral L4 L5, e vou ter fazer uma cirurgia que vão colocar dois parafusos um de cada lado, gostaria de saber se alguem já fez uma cirugia parecida, e se conhece um bom tratamento e se conenhece espondilólise.
----------

Porque voce nao faz uma R.M.A
Reconstruçao
Musculo
Articular da sua coluna?
Voce ja procurou outro ortopedista?
BEIIIIIIIIIIIIIIIIIIJOS  (+ info)

Sobre um exame de rx da coluna cervical e coluna lombo sacra?


deu o seguinte da coluna cervical:
eixo cervical matido
Redução da altura do espaço discal de C5-C6, com osteófitos marginais nos corpos vetebrais correspondentes e sinais de uncoartrose associados neste nível.
Da coluna lombo sacra:
Eixo lombo-sacro mantido
Osteófitos Marginais incipientes nos corpos vertebrais lombares.
Espaços discais com altura preservada
Provável espondilolise em L5
Ateromatose da aorta abdominal.
----------

1) Os ossos da coluna são chamados corpos vertebrais. Entre eles, nós temos os discos, que são como "almofadinhas" pra absorção do impacto. Seu espaço C5C6 (o espaço que fica entre a 5ª e a 6ª) vértebra está reduzido, normal depois de um tempo de vida.
2) Com o passar dos anos, os corpos vertebrais vão se ossificando e ficam com uns "chifrinhos" nos lados (uncoartrose) e na frente e atrás (osteófitos), que também é super comum com o decorrer dos anos. É degenerativo. Se ocorre atrás, pode comprimir a medula ou as saídas nervosas, o que causa dor intensa, mas não deve ser o seu caso, porque é muito difícil ver osteófito posterior em raiox.
3) Espondilolise é o termo usado quando há fratura das pars articulares (articulação entre uma vértebra e outra), mas geralmente ocorre quando há espondilolistese (há desalinhamento do corpo vertebral, um vai pra frente e quebra a articulação lá atrás). Se você teve alguma queda, pode ser decorrente disso. Mas não fique preocupada porque não é nada tããão grave que tenha que sair correndo. Pode ser cirúrgico ou não, vai depender dos seus sintomas.
4) Ateromatose da aorta abdominal: com o tempo, há formação de umas calcificações na parede dos vasos (já ouviu falar de entupir as coronárias? Carótida?), chamadas de placas ateromatosas. Mas fique tranquila porque isso é coisa da idade também.  (+ info)

resultado de ressonancia magnetica, quem conhece o problema, pode explicar se é preciso operar?


O resultado foi o seguinte:
Espondilolise e Epondilolistese grau 1 de L5 sobre S1.
Protusão discal difusa em L5-S1
Sinal de degeneração difusa em L5-S1 caracterizada por hipossinal em T2.
----------

Olá...

espondiolise é o nome que se dá a fratura de uma região posterior das últimas vértebras lombares.
Espondilolistese é o escorregamento para frente das vetebras.

Protusão discal é a famosa hernia de disco, e a degenração é o desgaste das vertebras que foi reconhecido devido a diferença de sinal encontrado na RM.

Agora se vai precisar operar ou não, quem decide é o médico,vai depender da sua idade e das atividades que vc realiza no dia a dia.  (+ info)

Há algum tratamento para a Escoliose dextro convexa?


Escoliose Dextro-convexa discreta redução posterior dos espaços discais L4-L5 e L5-S1
Ligeira retrolistese de L4 sobre L5
Aspecto sugestivo de espondilolise em L5-S1

- Seria muito importante que respondessem o mais breve possível!
----------

Eistem vários tratamentos fisioterapêuticos para escoliose destro convexa, isto significa que o lado convexo (a curva do c da escoliose) está voltado para a direita. Pode ser tratada com cinesioterapia postural, hidroterapia, pilates, exercícios com bola terapêutica e RPG (reeducação postural global). Isto não quer dizer que vc ficará curada (o), dependendo da idade já está estruturada, mas vc pode minimizar as consequências dela e possíveis dores. A redução dos espaçs discais são um pouco mais preocupantes pois eles prendem as raízes do nervo ciático que delas partem. A retrolistese signifiva que a vértebra L4 escorregou sobre a L5 e neste ponto a raiz do nervo ciático fica mais comprimida, è possível que vc sinta dores nas pernas devido a compressão da raiz do nervo. Procure um tratamento fisioterapêutico o mais rápido possível. Vc provavelmente fará a princípio tratamento com os aparelhos (eletroterapia) para alívio das dores que com certeza vc sente e após algumas sessôe a ou o fisioterapeuta iniciará alongamentos leves, para depois vc poder realizar os tratamentos específicos para escoliose, os quais citei no começo. Espero ter ajudado. Um abraço.  (+ info)

TENHO ESPONDILOLISTESE GRAU 1 DE L5 SOBRE S1 COM SINAIS DE ESPONDILOLISE DILATERAL,POSSO FAZER CIRURGIA?


Boiei, mas acho que você não deveria confiar em ninguém no Yahoo para uma questão tão séria assim, o que eu aconselho é procurar um médico...  (+ info)

quem sabe o que é ESPONDILOARTROSE LOMBAR?


Fiz uma tomografia e a impressão diagnóstica acusou: "espondiloartrose lombar; espondilolistese anterior em grau I de L4 sobre L5, sem sinais de espondilolise; abaulamentos posteriores difusos dos discos intervertebrados de L4 e S1; hipertofria do ligamento amarelo à esquerda no nível de L4-L5; e, encunhamento posterior do corpo vertebral de T12.
Quem puder interpretar meu "PEQUENO" DIAGNÓSTICO" ficarei extremamente grata. Um abaraço a todos e obrigada pela atenção, antecipadamente.
----------

Espondiloartrose ou osteoartrose é um processo degenerativo que atinge as articulações causando dor na regiao lombar.
Espondilolistese é o escorregamento de uma vértebra sobre a outra, desestruturando a coluna e pressionando as raízes lombares. As deformidades físicas visíveis acontecem apenas nos casos em que o deslizamento é muito grande, mas no seu caso nao ha pq esta no grau 1. Não há sinais de espondilolise que é a degeneração ou destruição de uma vértebra.

os abaulamentos significam que os seus discos intervertebrais localizados entre a qurta e a quinta vértebras lombares (L4-L5) não estão mais suportando a pressão das vértebras sobre eles e, portanto, adquiriram um aspecto abaulado.

hipertrofia do lig. amarelo: aumento do volume desse ligamento.

compressao do corpo vertebral de t12  (+ info)

Tenho Espondilolise com espondilolistese de L5 sobre S1,com protusão discal difusa...?


Minha médica disse que tenho que operar,gostaria que alguém me dissesse como é a operação a recuperação,por favor...bjus
----------

Olá!.
Os exercícios podem ser feitos na fisioterapia mesmo. Não sei qual o procedimento na fisioterapia, mas a princípio, a fisioterapia tradicional ( somente com uso de aparelhos) não é suficiente para descomprimir a raíz nervosa. Após o término das dores, poderias ser realizado exercícios para a estabilização da coluna.
A indicação da cirurgia depende do grau da espondilolistese. No caso é fixado com parafusos a l5 na s1, evitando assim que ela "escorregue" mais ainda.
Pelo laudo, a compressão é ocasionada pelo disco e não pela vértebra. nesse caso, é retirado parte do disco que ocasiona a compressão. Mas quem irá determinar isso , é você, através da dor em conjunto com o cirurgião. Quando todos os tratamentos que foram tentados não deram certo, e a dor é insuportável, então quem sabe está na hora de pensar em cirurgia.
Recuperação:
toda cirurgia envolve riscos. no caso da primeira hipótese ( fixação através de parafusos) a recuperação é um pouco mais lenta, Tudo depende do que for encontrado no decorrer da cirurgia. Me preocupa o estado que se encontra as demais vértebras e discos da sua coluna que podem também estar iniciando algum processo degenerativo. Mas isso seu cirurgião ira observar e tomar a melhor decisão para o caso.
Na dúvida estou à disposição por e-mail ou msn trentin_4@hotmail.com  (+ info)

Alguem que possui espondilolistese grau 1 bilateral ,e possivel que nao sinta dor alguma ???


Fui reprovado em um concurso porque disseram que tenho espondilolise e espondilolistese ,mas nao tenho dor e possivel???
----------

Olá....

essa doença pode ser silenciosa mesmo.,...a dor só aparece qdo há a compressão das estruturas nervosas e medula, que passam pelas vertebras...

O problema, é que se vc sobrecarregar sua coluna, a tendencia é piorar, comprimir os nervos e ai som vc vai sentir as dores.

Aconselho que vc procure um médico ortopedista e tire todas as suas dúvidas com ele e p´rocure o melhor tratamento enquanto vc ainda não tem dor.  (+ info)

fiz um exame de raio x da coluna lombo sacra ?


e deu o seguinte
-espondilolise em L5
-pediculos integros
-espaço discais mantidos
- ausencia de desvios axiais significativos
alguem pode me adiantar o que pode ser isto estou muito curiosa
obrigada
----------

Amiga, L5 é o nome de uma vertebra, e espondilolise é um tipo de descalcificaçao (gasto), nessa vertebra, causando dores lombares.Os demais resultados estao todos ok .
Existem tratamentos como RPG, acupuntura e medicamentos para esse seu problema.
Para maiores informacoes converse com seu ortopedista.  (+ info)

Espondilolise tem cura?


Tenho 17 anos, treino futebol todos os dias da semana, aos 15 anos, descobri a espondilolise, tomei um antiflamatorio e fiquei alguns dias parados, cerca de 20 dias, e não senti mais dor, e voltei a treinar normalmente, no começo desse ano, fiz um raio x, e o medico olhou e falou q nao viu a espondilolise, continuei os treinos, essa semana senti um pequeno desconforto e fiz um raio x, constatou que estou cm a espondilolise novamente, o que eu posso fazer? ele falou que eu posso correr, fazer musculação, mais não me passou, nenhuma fisioterapia, apenas um antiflamatorio, o que eu posso fazer? essa doença tem cura? o que eu posso fazer para ajudar? quando eu treino não está doendo, mais pode acontecer qualquer hora?
----------

O QUE É? Espondilose cervical é o conjunto de alterações conseqüentes a artrose da coluna cervical. Com a idade, os discos intervertebrais perdem sua elasticidade, por perda progressiva do seu conteúdo de água. Os discos são normalmente nutridos a partir dos vasos sangüíneos das vértebras adjacentes, não tendo uma circulação sangüínea própria. Quando a nutrição discal se torna insuficiente, há perda dos seus elementos constituintes, que leva a redução da altura do disco, da sua resistência aos movimentos e aos traumas, mesmo pequenos, facilitando a sua rotura e degeneração. Estas alterações discais são seguidas de reações ósseas das vértebras adjacentes, com a formação de osteófitos, ou bicos-de-papagaio, que tendem a fundir as vértebras. Concomitantemente, há hipertrofia dos ligamentos e das outras articulações da coluna vertebral. Este conjunto de alterações pode determinar uma redução do canal vertebral e dos forâmenes de conjugação. O canal vertebral contém a medula espinhal, que é uma estrutura nervosa responsável pela transmissão de todos os impulsos nervosos que chegam dos membros ao cérebro e que levam os estímulos nervosos do cérebro para os nervos e, conseqüentemente, para os músculos do corpo. Os forâmenes de conjugação são passagens laterais da coluna cervical por onde passam as raízes nervosas que formam os nervos para os membros superiores. Por elas trafegam os impulsos nervosos que trazem as informações sensitivas e os que levam as ordens do cérebro para os músculos se contraírem. COMO CURAR? Os casos mais simples, e que também são os mais freqüentes, nos quais não há comprometimento das funções nervosas, são tratados sintomaticamente e com exercícios que visam melhorar a amplitude dos movimentos cervicais, além de corrigir a postura, quando alterada. Nos casos em que há apenas radiculopatia, pode-se tentar tratamento conservador, com anti-inflamatórios, analgésicos e fisioterapia. Quando estas medidas não são seguidas de recuperação funcional, pode estar indicada a descompressão cirúrgica. Nos casos em que há mielopatia progressiva, o tratamento deve ser a descompressão cirúrgica da medula espinhal.

Boa sorte!!!  (+ info)

1  2  

Deixa uma mensagem ou imagem sobre "Espondilólise" (ou acessa o fórum):