http://lookfordiagnosis.com
English
Spanish
Italian
Portuguese
French
Swedish

FAQ - Embolia Pulmonar
(Powered by Yahoo! Answers)

embolia pulmonar qual o risco?


uma amiga minha foi internada no hospital hoje com embolia pulmonar, será que ela corre risco de vida?
----------

A Embolia Pulmonar é uma doença grave, mas tudo vai depender da extensão do problema, e da rapidez do tratamento instituído. É possível que ela melhore, mas geralmente restam seqüelas. Não costuma ser um caso fácil não.  (+ info)

Embolia Pulmonar Gordurosa! URGENTE...?


Tenho um amigo que esta internado na UTI de um hospital, ele sofreu um acidente de moto e quebrou o FÊMUR dai quando ele foi operar constataram que ele estava com EMBOLIA PULMONAR GORDUROSA, dai entaum os medicos induziram ele ao Coma, pois disse que ele esta muito agitado e falaram que so iria ter um diagnostico mais exato depois de 5 dias, isso ja tem tres dias e ainda o quadro dele é ESTAVEL, sera que isso é normal??? Quais são os riscos dele morrer???? Demora todos esses dias para dar um resultado???? Estou muito preocupada e gostaria de saber quais são as CHANCES de vida do meu amigo!!! SE NÃO FOR PEDIR MUITO, GOSTARIA DE PEDIR SUA COLABORAÇÂO NAS ORAÇÕES DE CADA UM! AMEM...
----------

Pode deixar, tenha fé que isso passa.  (+ info)

Embolia Pulmonar Gordurosa!?


Tenho um amigo que esta internado na UTI de um hospital, ele sofreu um acidente de moto e quebrou o FÊMUR dai quando ele foi operar constataram que ele estava com EMBOLIA PULMONAR GORDUROSA, dai entaum os medicos induziram ele ao Coma, pois disse que ele esta muito agitado e falaram que so iria ter um diagnostico mais exato depois de 5 dias, isso ja tem tres dias e ainda o quadro dele é ESTAVEL, sera que isso é normal??? Quais são os riscos dele morrer???? Demora todos esses dias para dar um resultado???? Estou muito preocupada e gostaria de saber quais são as CHANCES de vida do meu amigo!!! SE NÃO FOR PEDIR MUITO, GOSTARIA DE PEDIR SUA COLABORAÇÂO NAS ORAÇÕES DE CADA UM! AMEM...
----------

Vamos torcer para que melhore. boa sorte./  (+ info)

Estou com muito medo de viaja de avião de N.Y. para Rio, pois 6 meses atrás eu tive embolia pulmonar?


Oi, meu nome é Kelly, estou vivendo um drama, após a longa viajem de ferias para o Rio, sofri com minhas pernas que incharao e na volta para New York nada ocorreu, mas quase uns 2 meses depois, eu que estava gravida fiz uma cesariana, pois já estava muito inchada com105 kg e cinco dias após o nascimento do meu filho, eu senti um dor tão forte nas minhas pernas, queimava, com um cor roxeada, falta de ar, desmaiei no quarto do meu filho, em quanto estava arrumando a bolsa dele, para minha sogra ficar com ele , porque eu já estava indo para o hospital, voltei a si e voltei desmaiar no caminho do hospital, chegando la foi diagnosticado como pulmonar embolismo, fui direto para o CTI e foi dito para mim sem a menor cerimonia que eu poderia morrer, por vários fatores.

primeiro porque tive um cesariana em menos de 5 dias, poderia ter um hemorragia e outros risco.

Já passei por todo o tratamento, graças a DEUS com sucesso, mas agora tenho um grande problema, pois estou muito preocupada em fazer a longa viajem de avião ate o Rio, para levar meu filho para conhecer a minha mãe, já que o visto dela foi negado mesmo com documentação do hospital falando da gravidade da doença, da importância da presença dela e do nascimento do meu primeiro filho.

Então gostaria de saber o que? que os médicos falao sobre um viajem longa de avião, já q a alguns meses atrás eu sofri com embolia pulmonar.

Se vocês souberem alguma coisa sobre isso ou me indicar aonde posso descobrir serei eternamente grata....



Desde já muito obrigada.



Kelly C. Dutra
----------

Olha, pelo seu relato, a embolia pulmonar - que é um estado grave mesmo - nada teve com essa viagem anterior. A própria gravidez, o parto, ainda mais sendo parto operatório (cesáreo), podem ocasionar a embolia.

Ainda segundo seu relato, a embolia foi há ALGUNS MESES ATRÁS.
Então, acredito que hoje já não esteja usando nenhum tipo de anticoagulante. Se estiver, antes de viajar, você deve consultar seu médico aí nos EEUU a fim de saber da necessidade de aumentar a dose antes da viagem ou não.

De qualquer maneira, e qualquer que seja a resposta de seu médico aí, você não deve ficar PARADA, SENTADA, durante toda a viagem.

LEVANTE E ANDE QUANTAS VEZES PUDER PELO CORREDOR DO AVIÃO.
VÁ AO BANHEIRO DO AVIÃO QUANTAS VEZES PUDER.

MOVIMENTE-SE.

Tudo o que recomendo ajuda a evitar a formação de trombos, todavia, só isto não dispensa as recomendações de seu médico aí nos USA, em especial no caso de ainda estiver usando algum anticoagulante.

Boa sorte.  (+ info)

quando a embolia pulmonar sara?


Afff !!! Quanta ignorância.... câmara Hiperbárica?!?!?
põe ela numa câmara de tortura, pq assim a pessoa morre mais rápido!!!
Isso que dá.... ficar procurando resposta na Internet
Abço
Rhuam  (+ info)

Posso processar o médico por falecimento em consequencia de embolia pulmonar apos cirurgia de histerectomia?


Minha mãe fez uma cirurgia de histerectomia e faleceu em consequencia de embolida pulmonar, posso processar o médico? se ele tivesse usado uma substancia denominada HEPARINA ela teria falecido?
----------

antes mais nada....

pesar sobre o fato...

para a sua intenção, veja que existe diversos fatores complicantes...

deveria ter um respaldo medico de pericia para comprovar o acontecimento..

deveria levantar todo o caso cirurgico e as condiçoes como foi feita, a equipe medica e o responsavel, devera tambem ter acesso a todo relatorio da cirurgia, assim como comprovar o risco cirurgico para o acontecimento...

se esse fato, teria grandes probabilidades de acontecer ou nao, isso seria incluido no risco cirurgico...

converse com um medico amigo da familia, veja que, medicos sao muito corporativistas, conversem com mais de um para avaliar seus comentarios...

acredito que nao seja a melhor ação para se fazer... mas se acha que é realmente justo faze-lo, que foi negligencia, apoio para que aja de forma a retirar esse profissional do mercado..

atente a algumas desvantagens...

no ano passado, apenas um medico perdeu o crm por negligencia..

se vc perder a causa, tera de arcar com os tributos e numerarios da outra parte..

muita luz..  (+ info)

Trombo-embolia-pulmonar.............. Você conhece esta doença?


1)Agradeço a todos que responderam.
2) FRAU - Infelizmente, ocorreu comigo, em 26/ 01/06, um dia após o lançamento do meu livro.
Fiquei internado durante vinte e cinco dias, num tratamento intensivo.
Segundoos médicos, somente 2% (dois por cento) conseguem escapar com vida.
Foi um milagre de Deus.
Fiz mais ou menos, uns quarenta exames, tomei dezenas de injeções e outros medicamentos anticoagulantes.
Até hoje, tenho uma vida espartana, faço uso de anticoagulante oral,e tenho muitas restrições quanto
à alimentação.
Felizmente, não possuo nenhuma sequela física.Só não consigo correr, mas não ando tão devagar ou caindo, não. Sinto-me forte para os embates da vida.
3) Os comentários enviados por SANDRA e CLAVE estão sendo de muita utilidade.Ali identifiquei sintomas, fatos, eventos, abordagens pertinentes ao meu caso.
4) Obesos, hipertensos,diabéticos, sedentários,GULOSOS, sãoos grupos de risco,com relação à trombose.
No meu caso,apenas era(e ainda sou) um pouco sedentário
BRUXXA e PAULO S.-
Agradeço de coração. grande abraço do Almir.
----------

Querido Tricolor. Sei que você tem muito a ver com essa doença. Não sabendo nada a respeito dela, todos vamos à cata de informações e pesquisas na net. Por isso já falei que tuas peguntas são ótimas, e só respondem aqueles que verdadeiramente pesquisam. Assim, encontrei:

"É o evento no qual ocorre o despreendimento de um trombo de um local e este é carregado pelo sangue até se alojar em algum lugar no pulmão. O trombo após se soltar do foco de origem viaja pelo sangue até ficar preso em algum vaso estreito demais para a sua passagem. O resultado desse evento é a necrose isquêmica do tecido distal
ao ponto de fixação do embolo, evento esse conhecido como infarto. Em geral esse trombo é de origem venosa profunda (TVP) e em geral é derivado das veias ílio-femorais profundas ou veias profundas da panturrilha. Pode ocorrer trombose arterial pulmonar como evento primário, porem essa é uma situação mais rara que pode ocorrer
por exemplo na anemia falciforme.
Fatores predisponentes e precipitantes:
Os fatores predisponentes são: (1)Imobilização, os músculos das pernas atuam como verdadeiras bombas facilitando o retorno venoso e durante cirurgias, repousos prolongados no leito e longos períodos na mesma posição (viagem de avião) podem levar a estase venosa e com isso forma-se o trombo.(2)Incompetência venosa e a presença de veias varicosas facilitam a formação do trombo.(3)Insuficiência cardíaca congestiva na ICC o débito esta diminuido assim como o retorno venoso das pernas.(4)Lesão direta das pernas pode levar à formação de coágulos e assim tromboflebite.(5)Estados de hipercoagulação, neoplasia malignas, uso de estrógenos e
sindrome da hiperviscosidade podem provocar coagulação e assim aumenta o risco de formação de trombo.
Os fatores precipitantes não são bem esclerecidos, no entanto o exercício físico e o esforço para defecar são eventos bem conhecidos.

Fisiopatologia:
Os êmbolos ao causarem obstrução das artérias pulmonares aumenta a resistência ao fluxo e com isso aumenta e pressão no VD podendo levar ao chamado cor pulmonale agudo (que é uma doença no ventrículo direito causado por hipertensão pulmonar e é caracterizado por dilatação, hipertrofia e insuficiência de VD). Além
disso o trombo pode causar reflexos intrapulmonares e a liberação de prostaglandinas , histamina e serotonina ocasionando vasoconstrição pulmonar aumentando ainda mais o resistência vascular. Ocorre ainda a formação de um “espaço morto” na área embolizada e consequente hiperperfusão no lado bom, fazendo com que o sangue não
seja tão bem perfundido.

Sinais & Sintomas:
Os sinais e sintomas típicos incluem dispnéia (80% dos casos), dor torácica do tipo pleurítico (70%) e Hemoptise (20 a 30). Tosse e hipotensão arterial também são relatados em alguns caso. A febre baixa é um achado comum, enquanto que a febre alta sugere uma etiologia infecciosa como pneumonia ou pleurisia. Pode ocorrer
ainda síncope a medida que o débito cardíaco declina. A dor torácica do tipo pleurítico e a hemoptise estão diretamente relacionadas com o pulmão infartado.

Achados Físicos:
Taquipnéia , taquicardia, sudorese, e presença de crepitação na ausculta pulmonar. Na embolia maciça podemos ter cianose, ingurgitamento venoso periférico e congestão hepática. Ocorre macicez à percussão e redução do murmúrio vesicular no local acometido. Ocasionalmente, atrito pleural ou sibilos são auscutados
É importante ressaltar que os pacientes que não tem dispnéia , dor torácica pleurítica e taquipnéia muito provavelmente não tem tromboembolismo pulmonar , visto que em 97% dos casos relatados ocorria alguma forma de conbinação desses fatores.

Exames Complementares:
Radiografia de tórax é normal para a maioria dos pacientes, mas em alguns casos temos atelectasias laminares, diafragma alto de um lado e um pequeno derrame pleural. Uma imagem hipotransparente cuneiforme cuja base localiza-se na pleura é típica de infarto pulmonar.
Eletrocardiografia não é específico , mas ajuda a diferenciar de um IAM.
3
Gasometria Arterial com hipoxia (PO2 ) , hiperventilação (PCO2 ) e alcalose respiratória discreta,
entratanto não são especificos para tromboembolia e podem estar sem alteração.
Cintilografia pulmonar , nesse exame o sangue do paciente é marcado com um traçador radioativo indicando áreas mal perfundidas. Os resultados negativos excluem o diagnóstico, mas pode ser confundido com pneumonia e DPOC , então é feito uma cintilografia com xenônio na qual o paciente inala o marcador e a detecção de
áreas mal perfundidas com áreas bem ventiladas sugere embolia pulmonar.
Angiografia pulmonar é o padrão ouro para se dar o diagnóstico de tromboembolia pulmonar se forem visualizados trombos.

Diagnóstico Diferencial:
Infarto de ventrículo direito é o que mais causa dúvida quanto ao diagnósico de tromboembolia pulmonar, devido à presença de hipotensão e dispnéia em ambos os estados, podemos descartar infarto de VD com ECG nas derivações V3R e V4R e Ecocardiog  (+ info)

Uma pessoa que teve embolia pulmonar na gravidez corre o risco de ter outra se engravidar novamente ?


Gostaria de saber quais os cuidados a serem tomados caso engravide novamente. Na época eu estava com 9 meses de gravidez e fiquei muito tempo sentada. Tomei 6 meses de anticoagulante e depois fui liberada. Fiz todos os exames e não deu nenhuma anormalidade na coagulação. No entanto, os médicos divergem nas opiniões se devo ou não engravidar de novo. Queria muito ter mais um filho, mas fico com medo!
----------

Existe sim essa possibilidade, mas as opiniões são divergentes. Os riscos são óbvios.

Loba.  (+ info)

O que leva a acontecer a embolia pulmonar após a cirurgia? É erro médico?


Não, amiga. Não é erro médico. É um acidente. Um pequeno coágulo decorrente do corte cirúrgico cai na circulação sanguínea e vai estacionar em uma artéria pulmonar, formando um êmbolo (daí o nome embolia), o que impede as trocas gasosas. Espero ter respondido à sua pergunta.  (+ info)

Alguém teria alguma dica relativa à TEP(trombo-embolia pulmonar)?


Desejaria obter conselhos a respeito da trombose.Isto me ocorreu há quatro anos e tenho viusto crescer o número de pessoas acometidas por ela,inclusive com óbito.
----------

que tipo de dica?
especifique melhor a pergunta...!!!

em todo o caso deixo este site de artigos cientificos: www.scielo.br
entre lá e pesquise sobre a TEP... com toda certeza todas as suas duvidas serao esclarecidas!!!

abracos!!!  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem ou imagem sobre "Embolia Pulmonar" (ou acessa o fórum):