http://lookfordiagnosis.com
English
Spanish
Italian
Portuguese
French
Swedish

FAQ - Carcinoma Ductal De Mama
(Powered by Yahoo! Answers)

resultado de biópsia:Produto notulectomia mama esquerda,carcinoma infiltrante grau I?


conclusao:DE-S CARSS_BLOOM e richarbsou modificado poe el sto e llis,grau nuclear I,grau tubular II,grau mitílico I associado a carcinoma ductal in suto debaixa grau,sólido criformi,sem necrose e a carcinoma lobular,en situ,tumor mede 3 cm no maior diamentro, margem comprometida. obs sugere-se complementaçao por imunobistoquimica com E- caderina para avali~çao do do componente invazivo e se e de origem tubular ou ductal.
----------

pelo que eu vi ai, o nódulo (3cm) foi ressecado e é um tumor maligno, câncer de mama.
Coisas boas ... grau nuclear e mitótico I é baixo grau, sem necrose (bom)
Coisas ruins... a margem está comprometida... ou seja... o tumor não foi todo ressecado.
Nao se sabe ainda o tipo exato... isso implica em muita coisa, pois o tubular é mais agressivo que o ductal, que é mais comum. Irão fazer um exame (imuno-histoquimica) para avaliar isso.
Deve receber radio e quimioterapia, mais uma medicação oral por 5 anos, talvez, depende do tumor.

Boa sorte a todos.  (+ info)

como é o tratamento pós cirurgia do carcinoma ductal?


O tratamento é cirúrgico, com a remoção da mama (mastectomia) ou do quadrante afetado, podendo-se optar pela remoção da cadeia ganglionar adjacente. Porém, somente o médico responsável pelo caso, de posse dos exames da paciente e após avaliação criteriosa, pode definir o quanto será removido cirurgicamente. Dependendo do caso, a remoção cirúrgica é complementada com quimiterapia e/ou radioterapia. Mas só o médico poderá dizer se é necessário ou não. Consulte-o e boa sorte, []s  (+ info)

O QUE SIGNIFICA O GRAU III DE CARCINOMA DUCTAL INVASIVO ?


tenho um parente com Cancer, e queria muito saber o que é o grau 3?
esta mais avançado? ou tem maior chance de cura?
por favor preciso muito saber!!
----------

Olá

O grau III indica que se trata de um tumor avançado, com provável metástase, linfonodos comprometidos, a epor aí vai. Quanto mais avançado o tumor, menor a chance de cura, mais difícil o tratamento, mas isso não quer dizer que o paciente está condenado.

Boa sorte, []s  (+ info)

gostaria de saber, sobre o CARCINOMA DUCTAL IN SITU,?


nos exame diz que minha mae mae esta com ,,,, CARCINOMA DUCTAL IN SITU GRAUL 1 NUCLEAR, PADRAOCRIBRIFORME SEM COMEDONECROSE, ASSOSSIADO A LESAO ESCLEROSANTE COMPLEXA E ALTERAÇAO CISTICA COM METAPLASIA APÓCRINA.
MICROCALSIFICAÇOES BASOFILICAS INTRALUMINARES E ESTROMAIS

eu li sobre,, mas ha muita informaçao na lingua medica que nao entendo,,,,gostaria de saber se o tratamento, requer cirurgia,, quimioterapia, ou radioterapia seila,, temos muitos problemas já e mais essa agora é de se preocupar

se tiverem informaçoes sobre isso me falem por gentileza, grato desde já
alexandre
----------

Olá, Alexandre !

O que indica a expressão "in situ" é que a lesão está limitada à mucosa do ducto (canudinho) mamário e que o tratamento iniciado o mais rápido possível terá uma grande chance de ser efetivo para o tratamento da lesão impedindo complicações posteriores.
O tipo de tratamento será estabelecido pelo médico assistente, em acordo de informações com o cliente.
Informe-se mais (Hospital Sírio Libanês) no endereço abaixo. E não percam tempo!!!

(11)31550200
faleconosco@hsl.org.br  (+ info)

carcinoma ductal invasivo?


Retirei um tumor na axila e fiz a biopsa.
O resultado da biopsa é:
Carcinoma ductal invasivo com áreas mucinosas. Carcionama intra-ductal sólido com necrose central grau nuclear 3.
----------

Lamento informar, mas este é um resultado ruim: vc está com câncer mamário. Procure o seu médico imediatamente, como os colegas mencionaram. Não se desespere, pois atualmente há tratamentos seguros e eficazes no caso de tumores de mama. Algumas informações sobre o seu tumor:

"Quase todos os tumores malignos da mama têm origem nos ductos ou nos lóbulos da mama, que são tecidos glandulares. Os dois tipos mais frequentes são o carcinoma ductal e o carcinoma lobular.
(...)
Carcinoma ductal invasor ou invasivo (CDI): este é o cancro da mama mais frequente. Tem origem nos ductos e invade os tecidos vizinhos. Nesta fase pode disseminar-se através dos vasos linfáticos ou do sangue, atingindo outros órgãos. Cerca de 80 por cento dos cancros da mama invasores (ou invasivos) são carcinomas ductais.

(...)

Como se trata o cancro da mama?


A escolha entre as diversas opções de tratamento depende do estádio da doença, do tipo do tumor e do estado geral de saúde da paciente. O especialista em patologia mamária é o profissional médico mais indicado para avaliar e escolher o tratamento mais adequado a cada caso.


Dependendo das necessidades de cada doente, o médico poderá optar por um ou pela combinação de dois ou mais tratamentos.

Cirurgia: é o tratamento inicial mais comum e o principal tratamento local. O tumor da mama será removido, assim como os gânglios linfáticos da axila. Estes gânglios filtram a linfa que flui da mama para outras partes do corpo e é através deles que o cancro pode alastrar. Existem vários tipos de cirurgia para o cancro da mama, que são indicados de acordo com a fase evolutiva do tumor, a sua localização ou o tamanho da mama.
Radioterapia: utiliza raios de alta energia que têm a capacidade de destruir as células cancerosas e impedir que elas se multipliquem. Tal como a cirurgia, a radioterapia é um tratamento local. A radiação pode ser externa ou interna.
Quimioterapia: é a utilização de drogas que agem na destruição das células malignas. Podem ser aplicadas através de injecções intramusculares ou endovenosas ou por via oral.
Hormonoterapia: tem como finalidade impedir que as células malignas continuem a receber a hormona que estimula o seu crescimento. O tratamento pode incluir o uso de drogas, que modificam a forma de actuar das hormonas, ou a cirurgia, que remove os ovários - órgãos responsáveis pela produção dessas hormonas. Da mesma maneira que a quimioterapia, a terapia hormonal actua nas células do corpo todo.
Reabilitação: vem auxiliar os métodos de tratamento para que a paciente tenha melhor qualidade de vida. É feita através da cirurgia plástica de reconstrução e dos serviços médicos de apoio (fisioterapia, psicologia, etc.). "

Boa sorte e muita fé, []s  (+ info)

Carcinoma ductal invasivo tem cura?


Gostaria de saber se Carcinoma Ductal invasivo com áreas mucinosas, grau ll tem cura, depois do tratamento?
----------

Sim, ele é perfeitamente curável. Seu médico agora fará alguns exames para checar outros órgãos (como o pulmão e outros nódulos linfáticos próximos) e pode indicar uma cirurgia caso o tumor não tenha sido removido com margens de segurança adequadas. A quimioterapia tem efeito muito promissor. Pode ocorrer recidivas, mas após o tratamento vc estará fazendo um monitoramento rigoroso, então qualquer recidiva será prontamente tratada sem qualquer outra complicação. O paciente é considerado clinicamente curado após o período de 5 anos sem recidiva.

Tire todas as suas dúvidas com o seu médico: ele é agora o seu maior aliado. Boa sorte, []s e esteja sempre com Deus.  (+ info)

a minha mae tem carcinoma maligno total invacivo na mama. ja fez 2operaçoes mama e ovario e fez radioterapia?


TEM CURA? ESTA EM RISCO DE VIDA?
Foi em fevereiro que soube. foi logo para lhe tirarem o tumor, a mama ficou em metade, depois tiraram lhe os ovarios e fez 33 seçoes de radioterapia. agora esta a aguardar uma consulta. esta muito ansiosa e pensa que nao se safa. sera? diz que nao tem cura. esta muito em baixo, e eu tambem.....
----------

Não fique tão preocupada. O carcinoma amligno era só na mama, ou no ovário tb? Aonde ela fez a radio, nos dois?
SE for nos dois é importante fazer uma série de exames investigativos para saber se existe mais algum órgão atingido, e tb é necessário saber se há necessidade de se fazer quimioterapia, para previnir metátase.
Mas, fique tranquilo, hoje em dia já existe tratamento eficazes contra o cancer, ele não é mais sinônimo de morte!  (+ info)

cancer carcinoma ductal infiltrativo grau 3?


tamanho 9 x 7 x 6 cm, com presença de infiltração peri-neural e angio-linfática com margem cirúrgica comprometida, gostaria de saber qual o risco e a possibilidade de infiltração para o organismo principalmente a nível linfático. Obrigado.
----------

  (+ info)

É correto um oncologista se negar à reconstruir a mama depois da cirurgia de câncer numa mulher idosa,78 anos?


Minha mãe está com Carcinoma Ductal Invasivo, grau 2 e vai, depois de amanhã, retirar a mama. Ela tem pressão alta controlada e só. O médico do SUS está se negando a reconstruir a mama alegando que "ela é muito idosa" e que "isso triplicaria o tempo de anestesia", o que pode ser perigoso pela idade e pressão alta. Isso é certo? Isso é justo? Então, só por que é idosa uma pessoa tem que se conformar com uma mutilação em sua feminilidade, sob esses argumentos? Ou trata-se de preconceito e esse médico está apenas se furtando a ter mais trabalho e usando essas desculpas horríveis? Será que ele tem a dimensão do sofrimento que pode ser essa mutilação, a ponto de destruir uma vida? Qual é o consenso médico nesses casos? Evidentemente somos pobres e sem condições de pagar um cirurgião plástico...
Euzinha, obrigado por ter respondido. Apenas reflita: tirar a mama de uma mulher é muito mais grave que apenas uma questão de estética. Vai até atentar com questões de feminilidade. É a mesma coisa que remover o pênis de um homem, a mesma.
----------

Primeira pergunta: Isso é certo?
Resposta : Na minha opinião sim . Trata-se de doença maligna , o cirurgião não pode prever se haverá margens livres , ou seja , se a cirurgia será de fato curativa e se haverá necessidade de reabordagens , e existe grande possibilidade de ser necessario radioterapia depois da mastectomia , o que iria prejudicar a "pega" de enxertos. Além disso , a seguranca de uso de proteses em vigencia de radioterapia ainda não foi determinada.
Segunda pergunta: Isso é justo? Acho que não . O mundo é injusto muitas vezes. É uma pena que exista cancer. MAs existe.
Terceira pergunta: Não , ela não precisa se conformar por que ela é idosa. Seria melhor pra ela se ela conseguisse se conformar com o fato de que , no momento , a prioridade é o tratamento do cancer. Reconstrução mamária pode ser feito depois , após estabilizada a doença, CASO SEJA POSSIVEL estabilizá-la.
Quarta pergunta : Não se trata de preconceito , pode ter certeza. Trata-se de cuidado.
Quinta pergunta: Ele está se furtando a ter mais trabalho? Acho que não , até por que o SUS cobre esse procedimento , e cobre muito bem , aliás. Ele seria remunerado por isso , inclusive MELHOR do que pela mastectomia , que paga uma miséria.
Sexta pergunta: Será que ele tem dimensão? Não sei . Acho que aí só perguntando a ele.
Sétima pergunta. Sou anestesista , e posso lhe afirmar depois de muito anestesiar pacientes com cancer nos mais diversos procedimentos , que em se tratando de cancer , poucas coisas possuem consenso médico , cada caso é um caso e cada paciente é um paciente. Mas posso te informar duas coisas: PRIMEIRO : O SUS garante à paciente mastectomizada o direito à reconstrução mamária gratuita (cansei de anestesiar casos assim). NO ENTANTO: ninguem pode obrigar nenhum medico do Brasil a realizar nenhum procedimento médico que ele ache inadequado ou perigoso para o paciente. O Código de ética médica garante ao médico esse direito , o direito de não realizar algo que ele julgue danoso ao paciente (independentemente do que o paciente ache). O paciente , infelizmente , não possui suficiencia tecnica para decidir sobre aspectos tecnicos referentes ao tratamento. Além disso , essa reconstrução só pode ser feita num momento em que a paciente esteja em condições de se submeter a ele.
Quanto ao tempo de anestesia , a idade e a hipertensão: Isso dependerá , na verdade , de um acordo entre anestesista e cirurgião . Lembre-se que quem anestesia é um médico , e quem opera é outro.
Sua ultima pergunta: É completamente desnecessário que voces paguem por um cirurgião plastico . O SUS cobre esse procedimento (é um dos poucos casos em que o SUS cobre um procedimento estetico) , inclusive pagando protese de silicone se necessario (que não deve ser o caso de sua mãe).Se houver qualquer hospital de referencia em cancer na sua cidade , eles te informarão isso.
Por ultimo : Sou formado há sete anos , e nunca vi um caso em que uma paciente mastectomizada por cancer tenha sua mama reconstruída NO MESMO tempo cirurgico, antes da realização de radioterapia ou quimioterapia. Eu , pessoalmente , se um cirurgião me propusesse anestesiar uma paciente nessas condições , teria muitas duvidas sobre a ética do mesmo - Eu pensaria justamente o contrario do que voce: Que esse cirurgião estaria antieticamente submetendo o paciente a um risco desnecessario apenas para ganhar honorarios por 2 procedimentos.  (+ info)

O que quer dizer, carcinoma ductal invasivo?


Refere-se ao câncer de mama. Veja:

"O câncer de mama pode originar-se nos ductos de tamanho intermediário ou nos ductos terminais e nos lóbulos. Na maioria dos casos, o diagnóstico de carcinoma lobular e intraductal baseia-se mais no aspecto histológico que no local de origem. O câncer pode ser invasivo (carcinoma ductal infiltrante, carcinoma lobular infiltrante) ou in situ (carcinoma ductal in situ ou carcinoma lobular in situ). Os subtipos morfológicos do carcinoma ductal invasivo podem ser descritos como cirroso, tubular, medular e mucinoso. Aproximadamente 70 a 80% dos casos são classificados como carcinoma ductal invasivo sem tipo histológico especial (Freitas et al, 1997; Berek et al, 1998)."

Leia o texto completo no link abaixo:

http://www.portaldeginecologia.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=157  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem ou imagem sobre "Carcinoma Ductal De Mama" (ou acessa o fórum):