http://lookfordiagnosis.com
English
Spanish
Italian
Portuguese
French
Swedish

FAQ - Carcinoma Ductal
(Powered by Yahoo! Answers)

Carcinoma ductal invasivo de mama com nodulo na axila tem cura?


Tem sim
Intraductal com esvaziamento axilar
e fazer contorle oncologco...tome os remedos direitinho
Esse é um tipo de cancer de mama com grande chance de cura  (+ info)

gostaria de saber que tipo de câncer é o carcinoma ductal infiltrante de mama?


Gostaria saber se é tratavel? o grau que apresentou no resultado do exame foi arranjo tubular 3, pleomorfismo nuclear 2.
----------

MInha mãe teve carcinoma ductal e era o tumor maligno, mas depende do grau de infiltração. ... Minha mãe fez tratamento e se curou. ...  (+ info)

Que tipo de cancer pode surgir após um carcinoma ductal infiltrate?


Minha mãe teve câncer a 8 anos e gostaria de saber qual tipo de câncer pode surgir?
----------

não precisa ter ligação qualquer lugar poderia aparecer. apesar de sua mae ja nao está mais em Recidiva, pois sao os primeiro 5 anos após a cura. minha madrinha mesmo o 1º era no utero e o outro foi na garganta  (+ info)

carcinoma invasor padrão ductal é necessário operar ou só com medicamentos resolve?


é um tipo de cancer
----------

Não, é necessário cirurgia para remoção do tumor com margens de segurança e complementação com quimioterapia. Os carcinomas ductuais mais comuns são os de mama. Dependendo do tipo tumoral e do grau de invasão dos tecidos adjacentes, é necessário remover toda a mama e realizar o chamado esvaziamento ganglionar, no qual os gânglios linfáticos que se relacionam com o tumor (os próximos da mama e os da axila) são removidos, para que não sobrem células tumorais nos mesmos.

Há mais detalhes sobre os tratamentos aqui:
http://doentescomcancro.org/uhdc/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=87

Outras informações sobre o tratamento:
"Formas de tratamento O tratamento varia dependendo do estádio em que o cancro se encontra.Existem quatro tipos de terapêutica que se podem instituir, optando-se, por vezes, por associá-las:


cirurgia;
radioterapia;
quimioterapia;
terapêutica hormonal.
Na maioria dos casos, realiza-se primeiro uma cirurgia para extrair o(s) nódulo(s) da mama e os gânglios linfáticos axilares correspondentes, que serão posteriormente analisados ao microscópio, de modo a detectar a extensão do cancro. Desta forma, será avaliada a necessidade ou não de terapêutica adjuvante (complementar).

Dentro das cirurgias pode-se realizar uma cirurgia conservadora, em que apenas se extrai o tumor, com uma zona de segurança em seu redor, ou realizar uma cirurgia radical ou cirurgia radical modificada, em que, respectivamente, se retira toda a mama e os músculos peitorais (sob a mama) e da parede torácica e os gânglios linfáticos, ou se retira apenas a mama e os gânglios linfáticos.

No que se refere às terapêuticas adjuvantes, existem a radioterapia (externa ou interna), a quimioterapia (que é aplicada por via endovenosa) e a terapia hormonal, que se aplica se as células cancerígenas apresentarem receptores para os estrogénios e para a progesterona. Esta terapêutica faz-se com Tamoxifeno durante 5 anos, tendo-se, no entanto, o cuidado de vigiar as mulheres que ainda têm útero, pois este medicamento aumenta a probabilidade de desenvolver cancro do útero.Formas de prevenção As formas de prevenção consistem em:


realizar mensalmente o auto-exame da mama;
realizar os exames de rastreio (de acordo com a orientação do seu médico assistente)."
Está aqui: http://www.millenniumbcp.pt/site/conteudos/75/doencas/article.jhtml?articleID=150672

Mas o ideal é que suas dúvidas sejam sanadas com o médico que acompanha o caso.

Boa sorte, []s  (+ info)

tenho carcinoma ductal invasivo grau 3 estologico e grau 2 nuclear quais minhas chances de cura?


Trabalhei anos na área e posso dizer uma coisa que aprendi!

Não há regras para estas doenças, pessoas com casos sérios que vivem por mais de 20 anos com a doença ou mesmo curaram.

Portanto não pense nisto agora, tente usar isto como uma chance para se melhorar a cada dia e dar o melhor de si no plano pessoal.

Boa sorte e não esqueça de orar sempre!  (+ info)

Oi fiz uma macros-copia da mama e a conclusão do laboratório é carcinoma ductal infiltrante e obs estamos pr?


desculpa, mais não entendi sua pergunta.  (+ info)

depois da retirada de uma mama por um carcinoma ductal invasivo agora tenho varios nodulos de gordura devo?


devo retirar a outra por favor e urgente.
----------

Calma! Não bem por aí.
Converse com seu médico.
Mas acredito que, se ele não fez a cirurgia, é porque
não viu a necessidade de uma nova mastectomia.
Seria desnecessario retirar uma mama sadia.
E com certeza, vc deve estar fazendo exames para controle,
se ele não viu essa necessidade.
Converse melhor ele.
Ele tem por obrigação orientar seus pacientes.

Melhoras  (+ info)

pode me explicar o que é carcinoma ductal infiltrante grau 1 scarff-bloom-richardson modificado?


  (+ info)

o que significa Carcinoma Invasor de padrão ductal?


é um diagnóstico
----------

Trata-se de um tumor maligno que invadiu algum ducto de alguma glândula (vc não mencionou que órgão se trata, e há vários carcinomas ductuais).

Se for um carcinoma ductual de mama ( o mais comum), algumas informações podem ser úteis pra vc:

Quase todos os tumores malignos da mama têm origem nos ductos ou nos lóbulos da mama, que são tecidos glandulares. Os dois tipos mais frequentes são o carcinoma ductal e o carcinoma lobular.
(...)
Carcinoma ductal invasor ou invasivo (CDI): este é o cancro da mama mais frequente. Tem origem nos ductos e invade os tecidos vizinhos. Nesta fase pode disseminar-se através dos vasos linfáticos ou do sangue, atingindo outros órgãos. Cerca de 80 por cento dos cancros da mama invasores (ou invasivos) são carcinomas ductais.

(...)

Como se trata o cancro da mama?


A escolha entre as diversas opções de tratamento depende do estádio da doença, do tipo do tumor e do estado geral de saúde da paciente. O especialista em patologia mamária é o profissional médico mais indicado para avaliar e escolher o tratamento mais adequado a cada caso.


Dependendo das necessidades de cada doente, o médico poderá optar por um ou pela combinação de dois ou mais tratamentos.

Cirurgia: é o tratamento inicial mais comum e o principal tratamento local. O tumor da mama será removido, assim como os gânglios linfáticos da axila. Estes gânglios filtram a linfa que flui da mama para outras partes do corpo e é através deles que o cancro pode alastrar. Existem vários tipos de cirurgia para o cancro da mama, que são indicados de acordo com a fase evolutiva do tumor, a sua localização ou o tamanho da mama.
Radioterapia: utiliza raios de alta energia que têm a capacidade de destruir as células cancerosas e impedir que elas se multipliquem. Tal como a cirurgia, a radioterapia é um tratamento local. A radiação pode ser externa ou interna.
Quimioterapia: é a utilização de drogas que agem na destruição das células malignas. Podem ser aplicadas através de injecções intramusculares ou endovenosas ou por via oral.
Hormonoterapia: tem como finalidade impedir que as células malignas continuem a receber a hormona que estimula o seu crescimento. O tratamento pode incluir o uso de drogas, que modificam a forma de actuar das hormonas, ou a cirurgia, que remove os ovários - órgãos responsáveis pela produção dessas hormonas. Da mesma maneira que a quimioterapia, a terapia hormonal actua nas células do corpo todo.
Reabilitação: vem auxiliar os métodos de tratamento para que a paciente tenha melhor qualidade de vida. É feita através da cirurgia plástica de reconstrução e dos serviços médicos de apoio (fisioterapia, psicologia, etc.). "

Boa sorte e muita fé, []s  (+ info)

O que significa o Grau I de carcinoma Ductal Invasivo?


  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem ou imagem sobre "Carcinoma Ductal" (ou acessa o fórum):