http://lookfordiagnosis.com
English
Spanish
Italian
Portuguese
French
Swedish

FAQ - Adenocarcinoma
(Powered by Yahoo! Answers)

o que é adenocarcinoma moderadamente Diferenciado de padrão Túbulo-papilar ?


minha vô esta com esse cancer,alguem poderia me disser que tipo ele é ?
----------

Olá

"O Adenocarcinoma é um tipo de câncer (tumor maligno) que se origina em tecido glandular. Para ser classificado como um adenocarcinoma, as células não necessariamente precisam fazer parte de uma glândula, contanto que elas tenham características secretórias (que secretam algo). Esta forma de carcinoma pode ocorrer em alguns mamíferos, incluindo humanos.

O termo adenocarcinoma é derivado de 'adeno', que significa 'pertencente a uma glândula' e 'carcinoma', que descreve um câncer que se desenvolveu em células epiteliais.

Ele pode se originar inicialmente como um adenoma (um tumor glandular que é benigno).

Podem surgir nos seguintes tecidos:
* mama
* esôfago
* cólon
* pulmão
* próstata
* estômago
* pâncreas
* cérvice
* vagina

A quando se fala moderadamente diferenciado refere-se ao grau de invasão, ou seja, o grau de danos e ocupação do tumor ao órgão ou tecido atingido."


Fonte(s):
http://pt.wikipedia.org/wiki/Adenocarcinoma

Boa sorte, []s  (+ info)

O que é adenocarcinoma modera mente diferenciado? e pleomorfico de procedência figura atípica neoplasica?


A minha mãe está com uma lesão no reto, gostaria de informações mais precisas..
----------

Cleo A, antes de mais nada, a fé em Deus e fundamental para a nossa existencia, Ter Deus como o nosso maestro e e o mais importamte. O nome adenocarcinoma segundo pesquisei e o mais frequente das neoplasias que acomentem o aparelho digestivo, incluindo- se o reto, o qual faz pare.

Abaixo esta um texto que fala no geral sobre o cancer de reto, e seu prognostico, leia pois e muito bom entender um pouco para que voce possa saber o que se passa com sua mãe.

" . Intestino grosso (reto)

Quando se tem uma suspeita ou diagnóstico confirmado de um câncer no reto, algumas palavras iniciais precisam ser ditas: acalme-se, o câncer de reto tem cura e na maioria das vezes não será necessário colocar uma bolsa coletora de fezes.

Presença de sangue ou muco (catarro) nas fezes, alteração da freqüência das evacuações, sensação de evacuação incompleta, fezes afiladas e dor ao evacuar são alguns dos sintomas que devem levar o indivíduo a procurar o médico para uma investigação diagnóstica.

Mediante diagnóstico confirmado de câncer de reto através da colonoscopia com biópsia, deve-se complementar a avaliação inicial, isto é, fazer o estadiamento do problema. Esta avaliação é feita através de exames complementares: radiografia de tórax, tomografia computadorizada ou ultrassonografia de abdome superior e dosagem sangüínea de uma substância chamada antígeno carcinoembriônico (CEA), considerado um marcador tumoral, cujo valor será importante para as fases de seguimento e controle de tratamento. A ultrassonografia endorretal e a ressonância magnética nuclear, feitas com o objetivo de estudar a profundidade de invasão da lesão na parede do reto e os gânglios da região, também são exames importantes.

Do ponto de vista anatômico, o reto representa a parte final do intestino grosso, onde ficam armazenadas as fezes antes das evacuações. É dividido em 3 partes: reto baixo, médio e alto. As lesões do reto alto, de maneira geral, são tratadas à semelhança dos tumores de cólon (ver Câncer de cólon). Isto significa que quase sempre o tratamento começa pela cirurgia, com remoção da parte do intestino que contém a lesão, com margem de segurança, incluindo os gânglios da região. Depois da fase de remoção, realiza-se uma emenda intestinal que permitirá que as evacuações ocorram de maneira natural, através do ânus.

Quando as lesões estão localizadas no reto baixo ou médio, através do toque retal e de outros exames, o médico deve decidir qual a melhor seqüência de tratamento: iniciar pela operação ou pela associação de radioterapia e quimioterapia. Nos dias atuais, mesmo que o tumor desapareça completamente com a aplicação de radioquimioterapia, a recomendação que garante a maior chance de cura implica na realização de cirurgia, geralmente 4 a 6 semanas depois do término da fase de radioquimioterapia. A opção por não realizar cirurgia quando o tumor desaparece deve ser considerada em caráter de exceção.

Nas operações para tratamento do câncer de reto médio, quase sempre é possível fazer uma emenda intestinal e preservar o ânus. Nessa situação, pode ser necessária uma colostomia temporária, isto é, um desvio do intestino que fica exteriorizado na pele e protegido por uma bolsa coletora, a fim de evitar a passagem das fezes pela emenda até que esta esteja cicatrizada. Cerca de 30 a 40 dias após a cirurgia, através de uma operação realizada na área da colostomia, o desvio é revertido e as evacuações voltam a ocorrer de maneira natural, através do ânus.

Nos tumores do reto baixo, a distância da lesão em relação à linha que divide internamente o reto e o ânus é uma medida importante para que se possa decidir entre uma cirurgia com preservação do ânus (à semelhança do reto médio) ou uma cirurgia na qual o ânus não poderá ser preservado e haverá necessidade de uma colostomia definitiva. Ë importante mencionar que com os avanços de técnica cirúrgica e com a associação da radioquimioterapia, as operações sem preservação do ânus se tornaram cada vez mais raras.

Depois da fase de cirurgia, os pacientes devem ser avaliados com base na situação inicial (pré-tratamento) e no exame anatomopatológico para o julgamento da necessidade de quimioterapia e/ou radioterapia complementares."

Texto: Dr. Fábio de Oliveira Ferreira

www.cco.med.br  (+ info)

Adenocarcinoma moderadamente direfenciado?


Adenocarcinoma moderadamente direfenciado, ulcerado, infiltrativo em córion da mucosa e muscularis mucosae, neste matarial (três fragmentos).

Se poder ajuda eu agradeço muito..
----------

Olá

Tb não entendi a sua pergunta, reformule-a!! Estou mandando um link para vc enquanto vc pensa no que deseja perguntar: http://www.google.com.br/#hl=pt-BR&source=hp&q=adenocarcinoma+moderadamente+diferenciado&aq=0&aqi=g7&aql=&oq=adenocarcinoma+moderadamente+&gs_rfai=&fp=3d1a4b4c4e8a94b5

Boa sorte, []s  (+ info)

minha vó tem adenocarcinoma e na tomografia abdomem foi detectado ateromasia da aorta o que é?


Ateromasia deriva-se de ATEROMA, o que quer significa lesão da parede interna de uma artéria sob a forma de uma placa constituída pelo depósito de colesterol(gordura), com posterior degenerescência (redução/ perda da vitalidade ou atividade) das zonas afetadas.  (+ info)

Adenocarcinoma moderadamente direfenciado é maligno- TEM CURA MESMO, QUAL É? POR FAVOR..?


Olá

Sim, é um tumor maligno, e pode ter cura dependendo do órgão afetado e do estado da doença, além das condições sistêmicas do paciente.

Converse com o médico responsável pelo caso, ele saberá sanar suas dúvidas, boa sorte, []s  (+ info)

Meu pai tem 86 anos, foi detectado um adenocarcinoma acinar usual em sua próstata, segundo o médico...?


pediu para que continuasse a tomar o remédio firastenida e que retornasse após 03 meses para novos exames, pois como ainda está no começo, pode ser resolvido o problema, será? Gostaria de saber se seria necessário procurar um tratamento mais profundo, como, uma químio ou radioterapia? Se na idade dele, podem ser realizados tais tratamentos, ou o que podemos fazer? Por favor, podem nos orientar? No aguardo e agradecida pela atenção. Ângela A.F.J. - Rio de Janeiro
----------

Ângela,se o médico disse que ainda está no inicio podes ficar descançada, porque o teu pai já tem uma idade bem avançada, logo o desenvolvimento celular é muito lento, ou seja, infelizmente o teu pai irá morrer mas com certeza que não vai ser do cancro da próstata,se fosse necessário radioterapia ou quimioterapia o médico tinha prescrito.Boa sorte  (+ info)

O que é Adenocarcinoma Acinar Usual?


Meu pai fez uma biopsia e O resultado foi um Adenocarcinoma Acinar Usual da Prostata, gleason 3+3, score final 6. Ocupando cerca de 70% em (D) e 80% em (E,F). Exatamente o que isso quer dizer e alguem sabe me informar qual seria omelhor tratamento nesse caso?
Por Favor me Ajudem
----------

O adenocarcinoma de próstata acinar usual é um tipo de câncer de próstata. É uma neoplasia maligna eptelial de origem glândular.

O câncer de próstata é o tumor mais comum entre homens com mais de 50 anos de idade, e entre esses, o adenocarcinoma próstatico acinar usual é o mais frequênte (entre 80 e 85% dos casos). Tipicamente se desenvolve em glândulas acinares.

O tratamento mais indicado pelos urologistas é a prostatectomia radical, onde na cirurgia será retirado a próstata e as vesículas seminais adjacentes. Também podem indicar a radioterapia, terapia hormonal manipulativa ... tudo depende da avalaiação do oncologista que acompanha o caso.  (+ info)

o que é um adenocarcinoma invasor do tipo intestinal (M8144/3);grau histologico 2 em 4 ?


me ajudem...
----------

Olá. Meu pai teve o mesmo há 4 anos atrás, hoje ele está bem. Ele teve que operar e fazer quimioterapia, mas aguentou firme e hoje está ótimo. Adenocarcinoma é um tipo de câncer, e o grau histológico 2 é o mesmo que meu pai tinha, ou seja, é relacionado a agressividade do tumor, sendo que o 4 é o mais agressivo, e o menos agressivo é o 1. Se quiser conversar sobre o assunto, pode me adicionar no msn (verihss@terra.com.br). Fica tranquila, isso tem cura. Abraços.  (+ info)

O QUE É ADENOCARCINOMA POUCO DIFERENCIADO?


gostaria de saber se o termo pouco diferenciado nesse caso se refere a maior ou menor grau de malignidade...obrigada
----------

Adenocarcinoma é um tumor maligno das glândulas do organismo (o prefixo "adeno" quer dizer glandular).
O termo diferenciação se refere ao grau de malignidade do tumor (nesse caso, pouco). Quanto mais parecidas forem as células do tumor às células próprias do órgão em questão (menos diferenciadas), menor é a malignidade.

Bjs.  (+ info)

Sobre câncer de intestino grosso (adenocarcinoma)?


O que significa exatamente "grau 2 histológico" no caso de CA de intestino grosso? Quais são esses graus?
----------

Grau 2 histológico significa que as características do tecido e das células vistas no microscópio pelo patologista indicam uma lesão maligna MODERADAMENTE diferenciada, ou seja, as células tumorais ainda guardam certas semelhanças com as células normais.

Grau 3 é pouco diferenciado ( as células do tumor estão bem diferentes do tecido normal, é uma lesão mais agressiva); grau 1 é bem diferenciado ( o prognóstico é melhor nesse caso). Esse detalhe, para alguns tumores, serve para estipular o tratamento e o prognóstico. O Grau 3 é pior, porque tem mais riscos de se disseminar ( metástases), já que o risco de intravasamento é bem maior.

Porém, outros fatores são determinantes para o prognóstico, e o principal é o tamanho do tumor e a presença de linfonodos já contaminados por células tumorais. Usa-se o sistema TNM ( T relativo ao tamanho do tumor; N presença ou não de linfonodos infectados; M presença ou não de metástases) para estipular o prognóstico e o tratamento mais indicado. Exemplo: um T1N0M0 tem ótimas chances de cura; T3N2M0 já é mais complicado, entendeu? Espero ter mais ajudado do que atrapalhado você, mas qualquer dúvida e eu podendo ajudar, pode entrar em contato por email. Tudo de bom.  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem ou imagem sobre "Adenocarcinoma" (ou acessa o fórum):