FAQ - Úlcera Duodenal
(Powered by Yahoo! Answers)

Úlcera duodenal?


Eu tenho 16 anos, e pela endoscopia que fiz, foi possivel detectar 2 úlceras cerca de 1,5cm no duodeno , e muitas feridas pelo estomago.
Qual a gravidade disso?
----------

ÚLCERA DUODENAL
É a afecção mais comum no aparelho digestivo, afetando cerca de 10% da população ou mais. A causa tem se tornado mais clara ultimamente. Com este melhor entendimento da doença, novas e melhores maneiras de tratamento e mesmo cura das úlceras tem-se tornado realidade.

ANATOMIA E FUNÇÃO DO ESTÔMAGO E DUODENO
O estômago produz muito ácido. Este ácido ajuda na digestão dos alimentos antes de entrar no duodeno (primeira parte do intestino delgado). Há uma fina camada de muco que previne a ação corrosiva do ácido na parede do estômago e duodeno.

QUAIS AS CAUSAS DA ÚLCERA
A úlcera é um ferimento no revestimento interno do estômago ou duodeno. As úlceras são geralmente causadas pela ação do ácido e pepsina, uma enzima digestiva do estômago. Uma revolucionária descoberta tem sido mostrada por uma bactéria, Helicobacter pylori.

HELICOBACTER PYLONI (H. PYLONI)
É o nome que identifica a causa da maioria das úlceras, excluindo aquelas causadas por aspirina ou antiinflamatórios. Esta bactéria tem a forma espiralada e vive na camada de muco do estômago. Esta infecção produz uma inflamação na parede do estômago provocando a gastrite. O organismo desenvolve um anticorpo no sangue contra a bactéria. A bactéria provavelmente é adquirida por alimentos ou água contaminados. A bactéria danifica a camada protetora de muco permitindo a ação do ácido sobre o estômago ou duodeno provocando a úlcera.

ASPIRINA E DROGAS ANTIINFLAMATÓRIAS
Medicações anti-reumáticas incluem feldene, voltaren, endocin e muitos outros. Como com a aspirina eles podem danificar a camada de muco no estômago e duodeno após o qual o ácido do estômago causa a lesão final. Assim o Helicobacter pylori e certas drogas são os dois maiores fatores que causam as úlceras. Em raros casos os pacientes produzirão uma quantidade muito alta de ácidos e desenvolverão úlceras. Esta condição é chamada Síndrome Zollinger Ellison. Finalmente, algumas pessoas têm úlcera sem saber a causa.

SINTOMAS
A úlcera geralmente causa dor e queimação na parte superior do abdome. Estes sintomas são mais freqüentes em jejum e aliviam com alimentação e leite. A sensação de queimação pode ocorrer na alta madrugada fazendo a pessoa acordar pela dor. Antiácidos e leite usualmente oferecem alívio temporário. Alguns pacientes sem queixa dolorosa têm fezes negras, indicando uma úlcera hemorrágica. A hemorragia é uma complicação muito séria das úlceras.

DIAGNÓSTICO
O exame mais fidedigno para o diagnóstico é a endoscopia digestiva alta, raramente a úlcera tem transformação maligna. Com a endoscopia biópsias podem ser realizadas para se determinar à presença ou não de malignidade.

TRATAMENTO
Nos últimos dez anos a terapia sofreu mudanças profundas, sendo a cirurgia indicada apenas nos casos de urgência. Atualmente são disponíveis medicações eficazes para suprimir ou quase eliminar a acidez gástrica. Estas drogas tem sido dramaticamente efetivas no alívio dos sintomas e permitindo a cicatrização das úlceras. Caso a úlcera tenha sido provocada por aspirina ou antiinflamatórios, não há necessidade de subseqüente tratamento. Evitando essas drogas não haverá recorrência da úlcera. A segunda maior modificação no tratamento das úlceras é a descoberta da infecção pelo Helicobacter pylori. Quando esta infecção é tratada com antibióticos, é alta a probabilidade de eliminar a bactéria. Exterminada a infecção as úlceras dificilmente retornam. Se a infecção não for tratada a úlcera invariavelmente retornará.

O QUE MAIS PODE SER FEITO?
Os fatores discutidos anteriormente alteram dramaticamente a abordagem do tratamento da úlcera. Ainda, outros fatores são importantes:
Café e álcool: ambos estimulam a secreção ácida do estômago e devem ser evitadas na fase aguda da úlcera.
Cigarros: A nicotina provoca retardo na cicatrização da úlcera.
Antiácidos: Estes medicamentos são comprados facilmente, podendo ser utilizados para aliviar os sintomas da úlcera. Elas não ajudam na cicatrização da úlcera.
Stress: No passado, o stress e a emoção eram os grandes culpados de provocar úlcera. Hoje sabe-se que o stress raramente causa a úlcera embora possa agravar os sintomas.
Cirurgia: Até recentemente esta era a melhor opção para o tratamento da úlcera. Na era atual é excepcional a necessidade de cirurgia, sendo ela indicada nas complicações da úlcera como a perfuração, obstrução ou hemorragia.

RESUMO
A nova realidade da doença ulcerosa está sob domínio. Um firme entendimento como a úlcera ocorre, novas drogas antiácidas potentes, e a implicação da infecção do Helicobacter pylori, tem revolucionado o tratamento das úlceras.  (+ info)

Fiz uma endoscopia e a conclusão foi: hérnia hiatal, gastrite,úlcera duodenal, teste urease(+),como tratar?


CONCLUSÕES DA ENDOSCOPIA.

* HÉRNIA HIETAL POR DESLIZAMENTO(PEQUENA);
* GASTRITE ENADOSCÓPICA EROSIVA DO ANTRO;
*ÚLVERA DUODENAL EM ATIVIDADE(A1);
* TESTE DA UREASE: POSITIVO.

ISSO TUDO É GRAVE?? OQUE DEVO FAZER???
----------

o que voce deve fazer é SE TRATAR nunca deixar pra depois, e não é tão grave assim, nada que uma boa dieta sem frituras, coca-cola e um monte de coisa, voce não fique bom.
boa sorte  (+ info)

Úlcera duodenal maligna é um câncer? é muito dificil o tratamento??


no inicio!!!
----------

não é cancer! é uma infecção interna!

existe cirurgia para retira-la!  (+ info)

cite 03 diagnostico de enfermagem (nanda) para pacientes com gástrica/úlcera péptica/ duodenal?


Diagnósticos ou sintoma???

Diagnósticos: Endoscopia e biópsia de fragmentos para análise de histopatológico e H. Pilori.

Sintomas: Dor em região epigástrica, náueas, vômitos, refluxos (algumas vezes)  (+ info)

Gente... Ajudem-me a localizar o duodeno, o que é úlcera duodenal???


Tenho alguns remédios que servem para esta doença que não sei o que é que é. Por favor quem souber me ajude.

Beijos...
Graças a Deus não tenho esta doença, é que eu trabalho numa farmácia de dispensação de um hospital, só gostaria de saber do que se trata esta doença.
Agradeço a todas as explicações.
----------

é a primeira parte do intestino delgado, colado ao estomago. onde os ductos biliares jogam os sais biliares para neutralizar as gorduras
os medicamentos tem que ser prescrito por um medico, mais uma alimentação rica em fibras, pobre em gorduras, sem café, refrigerantes, frituras, chocolates, comidas condimentadas,........................
cha de espinheira santa (duas xicaras ao dia)  (+ info)

Úlcera duodenal como tratar?


De acordo com o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), mais de 90% das úlceras duodenais são causadas pela bactéria Helicobacter pylori (H.pylori). Esta bactéria em forma de espiral é comum e pode debilitar a camada mucosa protetora do duodeno, permitindo que os ácidos e as bactérias ulcerem o sensível revestimento interno. Por volta de dois terços da população mundial estão infectados com a bactéria H. pylori, porém a maior parte das dessas pessoas não apresenta sintomas relacionados à infecção. A utilização crônica ou a longo prazo de aspirina ou medicamentos antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs), como o ibuprofeno, também pode causar úlcera duodenal. Embora raro, as úlceras podem ser causadas por câncer estomacal ou pancreático.

As úlceras duodenais não são causadas por alimentos condimentados ou estresse.

De acordo com o Instituto Nacional de Saúde, o equivalente a 10% da população sofrerá de úlcera péptica (gástrica ou duodenal) em algum momento de sua vida. As úlceras duodenais são mais freqüentes nos homens do que nas mulheres.

Os fatores de risco para úlceras duodenais incluem infecção por H. pylori, uso de AINEs, antecedentes familiares de úlcera péptica, pertencer ao grupo sangüíneo tipo O e ter idade acima de 30 anos. As úlceras duodenais também estão associadas à ação de fumar cigarro.

Tratamento:
Se a úlcera for causada por H. pylori, o tratamento pode incluir uma combinação de antibióticos que matam a bactéria, bloqueadores de H2 e inibidores da bomba de prótons, que reduzem os ácidos estomacais, e medicamentos que protegem o revestimento do estômago e intestinos. Por exemplo, a "terapia tripla" utilizada para tratar este tipo de úlcera consiste em um período de duas semanas em que são administrados dois antibióticos mais uma droga supressora de ácidos ou uma droga que cubra o revestimento do estômago e intestinos.

Os antibióticos utilizados para matar a bactéria H.pylori incluem metronidazol, tetraciclina, claritromicina e amoxicilina. Os bloqueadores de H2 que reduzem os ácidos estomacais incluem cimetidina (Tagamet), ranitidina (Zantac), famotidina (Pepcid) e nizatidina (Axid). Os inibidores da bomba de prótons, que bloqueiam o mecanismo pelo qual os ácidos entram no estômago, incluem omeprazol (Prilosec) e lansoprazol (Prevacid). O subsalicilato de bismuto, um ingrediente do Pepto-Bismol, e o sucralfato (Carafate) são dois medicamentos que ajudam a cobrir a úlcera, permitindo que esta cicatrize.

Quando a úlcera for causada por antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs), o uso deste normalmente é interrompido e os sintomas devem ser tratados com bloqueadores de H2, inibidores da bomba de prótons e subsalicilato de bismuto ou sucralfato.

A intervenção cirúrgica é necessária em alguns casos para tratar as complicações da úlcera (por exemplo sangramento, perfuração ou obstrução) que não estejam respondendo a outros tratamentos.

As medidas de auto-ajuda incluem:

evitar o fumo
evitar chá, café e refrigerantes que contenham cafeína
evitar o álcool
evitar aspirina e os AINEs.
Expectativas (prognóstico):
Mais de 90% das úlceras causadas por H. Pylori são tratadas de maneira eficaz com antibióticos e medicamentos cicatrizantes e não recorrem.

A maioria da úlceras provocadas por AINEs se resolve com a interrupção do uso desses medicamentos e após a administração de medicamentos cicatrizantes.

As úlceras recorrentes podem causar complicações. Entre imediatamente em contato com seu médico se os sintomas forem persistentes ou recorrentes, ou se aparecerem novos sintomas.

ok  (+ info)

Qual a melhor alimentação para quem tem úlcera gástrica?


QUal a melhor alimentação para uma pessoa que está com úlcera gástrica, lembrando que já sangrou, e tem que ser algo que ajude a não reiniciar o sangramento, desde já agradeço! Vale melhor resposta
----------

Olha, minha dica pode parecer boba... Mas não é, não!
Ano passado eu comecei a fazer uma reabilitação alimentar, um método chamado "Meta Real". É pra emagrecer, não parece ter conexão nenhuma com úlcera... Mas é que conheci um monte de gente que também faz este método e todo mundo que tinha gastrite e até mesmo úlcera sarou.
Acho que é algo que você deve conhecer pra poder ter uma qualidade de vida legal pra sempre depois que sair da fase crítica.
Porque é claro que remédio faz a gente sarar, mas somente uma nova postura alimentar pode garantir que você nunca mais vá sofrer o que está sofrendo agora, né?
Vou deixar o site pra você conhecer melhor.  (+ info)

Quais as proeminências osseas que podem levar a um quadro de úlcera de pressao em decúbito dorsal?


So quero as proeminências.
----------

Região occipital, escapular, lombar, sacral, coccigea, cotovelos, crista ilíaca ou trocanteriana, glúteo, calcanho, região plantar.
Neste site tem uma imagem com os pontos de pressão mais sucetíveis ao aparecimentos de úlceras por pressão, além de imagens que mostram o aspécto da ferida em cada estágio.
http://www.marimar.com.br/reabilitacao/escaras2.htm

<< Bom domingo!!  (+ info)

Que relação a sonda nasogástrica tem com as patologias de gastrite e úlcera?


Queria saber a relação e o tratamento utilizado para o caso
Desde já obrigado!!
----------

A sondagem nasogástrica tem as finalidades de: preparo do paciente para cirurgias; lavagem gástrica; drenagem de suco gástrico; administração de alimentos e medicamentos aos pacientes impossibilitados de deglutir.
Porém, nos casos de gastriste e úlcera péptica, o que ocorre não é uma dificuldade na deglutição, e sim um desconforto estomacal acompanhado de dor intensa. Nesses casos, o indicado seria fazer o uso de uma sonda que desemboca numa porção do intestino delgado, fazendo com que o alimento não entre em contato com a área afetada pela inflamação, e não uma sonda que vá até o estômago.  (+ info)

Tive uma ulcera duodenal perfurada, agora recuperado quero saber se posso voltar a fumar e beber normalmente?


A provavel causa da ulcera foi a bactéria Hpylori . Posso beber muito ou pouco ou não posso beber?
e fumar pode-se fumar? ou pode complicar o meu quadro?
----------

Se você não possui mais úlcera podemos dizer que você está curado temporariamente, ou seja, seu estômago voltou ao normal e, talvez possa haver ainda algumas cicatrizes.
Porque somente temporariamente?
Porque, infelizmente, as úlceras poderão voltar e isso dependerá, principalmente, da sua alimentação e hábitos de vida.
O álcool, o tabagismo, a alimentação gordurosa ou ácida, são alguns fatores que podem levar você a desenvolver úlceras, novamente.
Realmente disseram certo, que as úlceras podem até matar, especialmente se elas perfurarem, ou seja, se elas "corroerem" completamente alguma parte da parede do seu estômago.

OK?  (+ info)

1  2  3  4  5  

Deixa uma mensagem sobre 'Úlcera Duodenal'



Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.

Última atualização: Setembro 2014