Casos registrados "Doenças Palpebrais"
(Traduzidos do inglês com Altavista Babel Fish)

Filtrar por palavras-chave:



Obtendo documentos. Espere, por favor...

1/831. Imagem latente de ressonância magnética da síndrome adquirida de Brown em um paciente com psoríase.

    FINALIDADE: Para relatar a ocorrência da síndrome adquirida de Brown e de resultados associados da imagem latente de ressonância magnética em um paciente com psoríase. MÉTODOS: Uma mulher dos anos de idade 42 com uma história da dor desenvolvida psoríase, da visão dobro, e da elevação limitada de seu olho esquerdo no citação. Uma imagem orbital da ressonância magnética com realce do gadolínio foi obtida. RESULTADOS: A imagem orbital da ressonância magnética divulgou o realce anormal do complexo esquerdo do trochlea/tendão. O patient' sintomas de s resolvidos com terapia do corticosteroide. CONCLUSÕES: A síndrome adquirida de Brown pode ser associada com a psoríase. A inflamação do complexo do trochlea/tendão que pode causar a síndrome adquirida de Brown pode ser demonstrada na imagem da ressonância magnética. ( info)

2/831. dermatite e cerato-conjuntivite periorbital do besouro de bolha em Tanzânia.

    Dois casos da dermatite periorbital e um caso do contato de seguimento da cerato-conjuntivite com besouro de bolha são apresentados. Em Tanzânia e em Kenya o besouro de bolha o mais comum é sabido como a mosca de Nairobi e é do género Paederus. Os sintomas da ocular são terra comum, geralmente secundária para transferir pelos dedos do produto químico tóxico envolvido em outra parte sobre da pele. A cerato-conjuntivite do besouro de bolha não foi descrita previamente em detalhe. ( info)

3/831. Pruritus da pálpebra com morfina intravenosa.

    A causa do pruritus da pálpebra (itching) pode ser difícil de determinar, particular em crianças preverbal. O rasgo, o photophobia, ou a fricção do olho podem ser a primeira manifestação da infiltração ou da doença leucêmica do transplantar-contra-anfitrião, necessitando a terapia apropriada adiantada. Nós relatamos uma criança em quem a fricção persistente do olho se tornou após a transplantação da medula para a leucemia. A administração da morfina foi encontrada para ser a causa deste sintoma. ( info)

4/831. Retração superior congenital da pálpebra.

    Este relatório descreve um menino de 6 anos carregado com uma retração superior unilateral da pálpebra tendo por resultado a exposição suave keratopathy. A fissura nesse lado era 4 milímetros maior e os lagophthalmos estavam atuais. Na altura da cirurgia da retirada do levator, o músculo foi encontrado para ter uma limitação nos chifres medial e laterais que impedem a excursão descendente. Esta circunstância tem algumas das características da fibrose orbital congenital e é postulada para ter sido devido a uma infecção ou a uma inflamação intrauterine. ( info)

5/831. Mais baixa retração congenital, paradoxal da pálpebra no upgaze.

    FINALIDADE: A mais baixa retração ativa da pálpebra no upgaze é encontrar raramente descrito. A finalidade deste estudo é descrever os resultados clínicos e operativos em dois pacientes com esta desordem de movimento original da pálpebra. MÉTODOS: Os autores identificaram o active, mais baixa retração unilateral da pálpebra no upgaze em dois pacientes que não tiveram nenhuma outra ocular ou anomalia sistemática. RESULTADOS: O extirpation cirúrgico do complexo mais baixo do retractor da pálpebra foi realizado em ambos os casos. Durante um dos procedimentos, executado sob a anestesia local, os retractors mais baixos da pálpebra foram observados para retrair ativamente no upgaze. Postoperatively, uma mais baixa retração da pálpebra no upgaze não estava atual em um ou outro caso. CONCLUSÕES: Os autores estão cientes de somente outro um relatório do caso que descreve o active, mais baixa retração paradoxal da pálpebra no upgaze. O mecanismo da retração da pálpebra neste relatório precedente e nos dois pacientes descritos nisto não é sabido. Os autores postulam que estes casos originais podem representar um formulário previamente não reconhecido da inervação congenital, aberrante do nervo oculomotor. ( info)

6/831. Fasciitis Nodular da pálpebra mais baixa em um paciente pediatra.

    FINALIDADE: Para descrever um menino dos anos de idade 14 com uma história de 1 mês ràpida de um crescimento, nontender, mais baixa massa da pálpebra. MÉTODOS: O espécime foi estudado usando a fotomicroscopia. RESULTADOS: Embora a imagem latente de ressonância magnética sugerisse uma lesão vascular crônica, análise histopatológica depois que a biópsia do excisional era consistente com o fasciitis nodular. CONCLUSÕES: O fasciitis Nodular é uma lesão relativamente comum do macio-tecido e representa um processo benigno, reactivo. As lesões na cabeça e na garganta tornam-se mais freqüentemente nas crianças e nos adolescentes do que nos adultos, mas as lesões periorbital são raras. Este é o primeiro exemplo relatado do fasciitis nodular da pálpebra mais baixa em um paciente pediatra. ( info)

7/831. Reação periocular adversa após a transfusão de sangue.

    FINALIDADE: Para descrever um paciente com uma reação conjunctival e periocular aguda após a transfusão de sangue. MÉTODOS: Relatório do caso e revisão de literatura. RESULTADOS: Uma mulher dos anos de idade 67 sustentou uma reação periocular self-limited caracterizada pelo turgescence e pelo redness bilaterais da conjuntiva e das pálpebras após a transfusão de sangue. Mais de 100 reações similares deste tipo foram relatadas pelos centros para o controlo e prevenção de enfermidades. CONCLUSÕES: A causa desta reação periocular da transfusão é obscura, mas este tipo de reação está sendo investigado pelos centros para o controlo e prevenção de enfermidades. Este caso sugere que as complicações suaves da transfusão, mesmo se incomuns, possam sob-ser relatadas. ( info)

8/831. Os cryptophthalmos abortivos bilaterais associaram com o albinismo oculocutaneous.

    FINALIDADE: Para documentar um exemplo de cryptophthalmos abortivos bilaterais associou com o albinismo oculocutaneous. MÉTODOS: Nós descrevemos um paciente fêmea dos anos de idade 13 com pele e cabelo louros que tiveram a cara anômala e os olhos notáveis primeiramente no nascimento. RESULTADOS: O paciente teve o cabelo e tez justa, cunha anômala bilateral do cabelo do escalpe, deformidades superiores da sobrancelha e da pálpebra, as orelhas cup-shaped, nariz variado com sulco deprimido da ponte e do midline, transillumination da íris e hipoplasia difusa do hypopigmentation e a foveal na examinação do fundo. CONCLUSÃO: Baseado nos resultados clínicos e do laboratório, o caso relatado representa o albinismo oculocutaneous tyrosinase-positivo junto com cryptophthalmos abortivos bilaterais. O albinismo oculocutaneous pode ou ser um critério inteiramente novo à síndrome inteira dos cryptophthalmos, ou, mais provavelmente, a circunstância pode ser devido a uma aflição dobro que seja relacionada primeiramente com consanguinidade dos pais. A importância do diagnóstico pré-natal e a assistência genética são emfatizadas nesses casos onde os dois genes recessive para duas circunstâncias diferentes coexistem. ( info)

9/831. Kimura' doença de s das pálpebras superiores bilaterais: um relatório do caso.

    Nós apresentamos um exemplo raro de Kimura' doença de s das pálpebras superiores bilaterais. Um macho chinês dos anos de idade 41 teve massas múltiplas sobre regiões retroauricular, submandibulares e as pálpebras superiores bilaterais desde 13 anos previamente. O tumor retornou após cada excisão, quimioterapia e radioterapia cirúrgicas do Co 60. O Eosinophilia e a elevação da imunoglobulina e do sangue (IgE) foram anotados nesta admissão. Nós operamo-nos na pálpebra superior esquerda para aliviar a obstrução da visão. Uma infiltração difusa com as faixas fibrotic numerosas foi anotada. A seção histológica mostrou uma hiperplasia lymphoid, uma infiltração notável dos eosinophils e uma proliferação dos capilares. O magnésio oral do prednisolone 60 foi dado postoperatively. O paciente teve uma aparência satisfatória e um relevo do bloco visual. ( info)

10/831. Dacryoadenitis crônico diagnosticado mal como o edema da pálpebra e a conjuntivite alérgica.

    FINALIDADE: Para relatar o exemplo de uma mulher dos anos de idade 53 com uma história de 2 anos do inchamento superior episodic da pálpebra e de queixas não específicas, que foi diagnosticado como tendo a conjuntivite alérgica. MÉTODOS: Uma examinação completa da ocular, orbital computarizou as varreduras (CT) tomográficas seguidas por examinações físicas e sistemáticas completas. RESULTADOS: Os resultados de examinações físicas e sistemáticas eram normais para o lymphoma sistemático e um foco preliminar do cancro. Os resultados da examinação da ocular eram normais. As varreduras do CT demonstraram lesões bem definidas bilateral com uma estrutura interna homogênea na fossa da glândula lacrimal, que sugeriu um diagnóstico do dacryoadenitis crônico. O diagnóstico diferencial incluiu o lymphoma e metástases orbitais. O paciente recusou uma biópsia e foi começado em uma dose de afilamento do diário oral do prednisolone do magnésio 60. A continuação CT faz a varredura de 1 mês após uma cessação do tratamento oral do corticosteroide de 6 semanas mostrado perto da definição completa das lesões orbitais. CONCLUSÃO: Este caso demonstra que a inflamação orbital pode ser diagnosticada mal como a conjuntivite alérgica refratária. ( info)
(Traduzidos do inglês com Altavista Babel Fish)| Próximo ->


Deixa uma mensagem sobre 'Doenças Palpebrais'



Não avalia ou garante a precisão de qualquer conteúdo deste site. Clique aqui para ler o termo de responsabilidade.

Última atualização: Setembro 2014